Autarquia de Trânsito de Araripina faz alterações em duas importantes vias da cidade

A partir da próxima segunda-feira, 8, o trânsito de Araripina terá mudanças feitas pela Autarquia Municipal de Mobilidade, Trânsito e Transporte (AMMTT). Uma nova via será aberta por trás do Hospital e Maternidade Santa Maria (HMSM) e a Rua José Barreto de Alencar passa a ser de sentido único.

A nova via aberta atrás do HMSM vai interligar as ruas Joaquim Rodrigues Nogueira e Pedro José Rodrigues, de sentido único. Em paralelo, a Rua José Barreto de Alencar ficará de mão única entre o cruzamento com a Rua Euclides Severo Alves (Portal/Sesc) até a Rua Joaquim Alves de Castro (Restaurante China).

Nessa nova via, que recebeu investimentos da prefeitura, foi instalado um semáforo por conta do intenso fluxo de veículos.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Europa volta a ser epicentro de Covid-19 e taxa de transmissão no continente é preocupante, diz OMS

O ritmo atual de transmissão do coronavírus na Europa é muito preocupante e pode causar mais meio milhão de mortes no continente até fevereiro, alertou a Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta quinta-feira (4).

De acordo com os dados da OMS Europa, as hospitalizações ligadas ao coronavírus dobraram em uma semana.

O número de novos casos por dia está há quase seis semanas consecutivas em alta na Europa, e o número de mortes diárias continua a subir, já há sete semanas. Esta alta é puxada, principalmente, pelos números de Rússia, Ucrânia e Romênia.

Registra-se, em média, 250 mil novos casos e 3.600 óbitos por dia, de acordo com dados oficiais coletados pela agência AFP.

“Estamos, de novo, no epicentro”, advertiu o diretor da OMS para a Europa, Hans Kluge, em entrevista coletiva virtual.

“O ritmo atual de transmissão nos 53 países que formam a região europeia é muito preocupante. Se mantivermos esta trajetória, poderemos ter outro meio milhão de mortos por Covid-19 na região até fevereiro”, disse ele.

Vacinação insuficiente e flexibilização de medidas de controle

Para a OMS, o aumento de casos se explica pela combinação de uma vacinação insuficiente com a flexibilização das medidas anticovid-19. A organização pediu que a máscara continue a ser usada.

“Dados confiáveis mostram que, se continuarmos usando em 95% a máscara na Europa e na Ásia Central, poderemos salvar até 188 mil vidas do meio milhão que corremos o risco de perder até fevereiro de 2022”, frisou Kluge.

Fonte: France Presse

Após 18 anos de carreira, Deltan Dallagnol renuncia ao MPF

Depois de uma carreira de 18 anos no Ministério Público Federal (MPF), o procurador da República Deltan Dallagnol confirmou nesta quinta-feira (4) que renunciou ao cargo, como adiantou a colunista Eliane Cantanhêde.

Em vídeo publicado nas redes sociais, o ex-coordenador da força-tarefa da Lava Jato diz que o legado da operação no combate à corrupção tem sido “desfeito” e que ele poderá “fazer mais pelo País” fora do Ministério Público.

“Os nossos instrumentos de trabalho para alcançar a Justiça vem sendo enfraquecidos, destruídos, e nós temos sido impedidos até mesmo de envolver a sociedade nesse debate por meio da opinião e da crítica. Por isso, eu creio que posso fazer mais pelo País fora do Ministério Público, lutando com mais liberdade pelas causas em que eu acredito”, diz na gravação.

Sem confirmar pretensões políticas, Deltan diz que poderá “avaliar e refletir” melhor sobre os planos após sair definitivamente do cargo.

Chefe da equipe de procuradores que comandou a Lava Jato em seu nascedouro, em Curitiba, Deltan deixou o comando da força-tarefa em setembro, meses antes da extinção definitiva da operação que demoliu sólida estrutura de corrupção instalada na Petrobras entre 2003 e 2014.

Políticos, doleiros, ex-dirigentes da petrolífera foram contemplados com propinas milionárias do clube dos maiores empreiteiros que formaram um cartel para garantir os principais contratos de áreas estratégicas, como a Abastecimento, Serviços e Internacional.

Com a saída do Ministério Público Federal, o procurador terá o caminho livre para seguir os passos do ex-juiz Sérgio Moro, que pretende se lançar candidato ao Planalto nas eleições do ano que vem.

Fonte: Estadão

PEC dos Precatórios: Lira diz que conclui votação na terça e prevê ampliação dos votos pró-governo

O presidente da Câmara, deputado Arthur Lira (PP-AL), informou nesta quinta-feira (4) que a votação da proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios será retomada na próxima terça (9).

O texto-base da proposta que autoriza o governo a driblar o teto de gastos foi aprovado em primeiro turno na madrugada desta quinta com 312 votos favoráveis – somente quatro acima do mínimo necessário, de 308.

Falta, ainda, votar os destaques em primeiro turno (trechos em que houve pedido de votação em separado) e aprovar toda a PEC em segundo turno. A sessão foi convocada para as 9h de terça porque, segundo Lira, a intenção é concluir toda essa votação até o fim do dia.

Questionado, o presidente da Câmara disse não ver risco de que a PEC seja rejeitada na segunda rodada de votações. Lira afirmou prever uma vitória com maior folga.

“Não acredito em mudanças partidárias bruscas porque todos os assuntos da PEC são claros, são evidentes. Nós estamos tratando de um auxílio de R$ 400 para 20 milhões de famílias que estão abaixo da linha da pobreza. Nós estamos falando de um parcelamento de débitos previdenciários, de 60 para 240 meses, de municípios que fizeram a sua reforma da Previdência. Estamos falando em um alargamento do espaço fiscal do governo para conseguir manter a sua máquina pública funcionando”, declarou.

Fonte: G1