Vida FM Asa Branca Salgueiro FM Salgueiro FM

Juízes acusados de pedofilia no Estado podem responder criminalmente

Os dois juízes acusados de pedofilia no interior do Estado podem responder por processos criminais, informou na noite dessa terça-feira (24), o desembargador do Estado, Bartolomeu Bueno. Eles foram afastados das funções, mas apenas dentro de um processo administrativo interno.

O juiz Max Cavalcanti, da comarca de Palmeirina, no Agreste foi acusado de pedofilia, julgado e aposentado compulsoriamente. Ele irá receber um salário proporcional ao tempo de serviço. Segundo o desembargador, Cavalcanti morava com um adolescente, hoje com 16 anos, desde 2007. Eles dividiam a mesma cama.

Já o magistrado Francisco de Assis Timóteo, de São José do Belmonte responde por abuso sexual, homicídio e formação de quadrilha. Ele é acusado de promover festas com garotos em sua residência. Investigações preliminares dão conta que pessoas foram mortas como queima de arquivo para não revelar a vida privada do juiz.

O Ministério Público ainda precisa instaurar um processo criminal para que os juízes possam ir a julgamento.

Fonte: TV Jornal