Vida FM Asa Branca Salgueiro FM Salgueiro FM

“Não queremos o embate entre Serra e Dilma, mas o debate engajado”, diz Marina

coletivaLogo depois de receber o título de cidadania juazeirense, a senadora Marina Silva (PV/AC) participou de uma coletiva com a imprensa local.Sobre a estratégia do Partido Verde nas próximas eleições, Marina respondeu que o Partido terá candidatura própria em todos os estados.

Ela comentou também sobre o escândalo do governador do Distrito Federal, José Arruda (DEM). “Eu não celebro os escândalos para faturar politicamente, porque todos perdem com isso. Do mensalão até o panetone faltou ética na política, mas não podemos generalizar. Deve haver punição, e a punição do cidadão é a primeira que deve acontecer”, afirmou.

Quando questionada se a sua candidatura à Presidência da República iria ficar igual à dos outros candidatos, Marina Silva respondeu que isso só aconteceria se o meio ambiente não fosse o centro das discussões. “Nós temos ideias e projetos, não somos apenas um plebiscito, requalificamos o olhar da política e do mundo. Não queremos o embate entre Serra e Dilma, mas sim o debate engajado, que interessa a todos os brasileiros.”

Ela falou ainda sobre a relação com Heloísa Helena e com as outras legendas. “A relação com o PSOL é a que está mais avançada, já conversei com Heloísa Helena e notei algumas divergências e também convergências. Vamos fazer discussões, e não contas matemáticas, para saber quem tem mais palanque ou mais tempo na TV”, ressaltou.

Marina finalizou a entrevista falando sobre o projeto de Transposição do Rio São Franscisco. “O projeto é inadequado porque não tem um plano de desenvolvimento auto-sustentável para o semiárido, e nem um projeto de revitalização. Qualquer governo que queira tratar de forma séria o Rio São Francisco tem que pensar em revitalizá-lo”, concluiu a senadora.

Fonte: Blog do Carlos Britto