Vida FM Asa Branca Salgueiro FM Salgueiro FM

Promotora de Justiça recebeu R$ 1,6 milhão do governo Arruda

arrudaEm depoimento à Polícia Federal, o ex-secretário de Relações Institucionais do governo Arruda, Durval Barbosa, disse ter pago propina à promotora de Justiça Deborah Guerner no valor total de R$ 1,6 milhão, sempre com dinheiro em espécie.Segundo Durval, o dinheiro foi entregue por ele à promotora em quatro ocasiões e se destinava a pagamentos para o Ministério Público autorizar a prorrogação de contratos com empresas de coleta de lixo e a liberar a realização de obras supostamente irregulares.

No depoimento, Durval afirma que Deborah lhe dizia que iria dividir o dinheiro com o procurador-geral de Justiça do Distrito Federal, Leonardo Bandarra. Durval disse que nunca tratou desse assunto com Bandarra.

De acordo com Durval, o pagamento de propina a Deborah começou em 2005, no governo Joaquim Roriz. Ele disse ter conhecido Deborah por intermédio de Cláudia Marques, então assessora especial de Roriz, depois mantida no cargo pelo governador José Roberto Arruda. Cláudia Marques também prestou depoimento. Ela confirmou todas as denúncias contra Deborah feitas por Durval. (Informações do site da revista Época)

Fonte: Blog do Magno