Lewandowski suspende vacinação prioritária para policiais e professores no Rio

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Ricardo Lewandowski cassou a liminar do presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, Henrique Figueira, que autorizava o governo estadual a priorizar a vacinação de professores e de profissionais da área de segurança.  Ele determinou a obediência às normas  do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação Contra a Covid-19.

Na decisão, ele também afirmou que a falta da aplicação da segunda dose da vacina pode, em tese, caracterizar a improbidade administrativa dos gestores da saúde pública local, “caso sejam desperdiçados os recursos materiais e humanos já investidos na campanha de vacinação inicial”.

Ele garantiu o direito à segunda dose dos profissionais já imunizados. Para Lewandowski, adaptações ao plano de vacinação devem levar em conta as “evidências científicas e análises estratégicas em saúde”  e devem explicitar quantitativa e qualitativamente as pessoas que serão preteridas, estimando o prazo em que serão, afinal, imunizadas.”

A decisão do ministro do STF atendeu a um pedido da Defensoria Pública e do Ministério Público do Rio de Janeiro, e restaurou decisão da primeira instância da Justiça estadual. O decreto autoriza que tais profissionais fossem vacinados antes da imunização integral de idosos, pessoas com comorbidades, deficiência, população em situação de rua e presos.

Fonte: CNN

Um comentário sobre “Lewandowski suspende vacinação prioritária para policiais e professores no Rio

  1. DAMIÃO

    BASTANTE INSENSATEZ!, COMO PODE PESSOAS QUE TAMBÉM SÃO DA LINHA DE FRENTE NA EDUCAÇÃO DA NOSSA POPULAÇÃO ESTUDANTIL QUE QUEREM QUE VOLTEM AS AULAS PRESENCIAIS, BEM COMO DOS PROFISSIONAIS DA AREA DA SEGURANÇA PÚBLICA, PARA QUE MAIOR RISCO DE SEREM CONTAMINADOS E CONSEQUENTEMENTE CONTAMINAREM SEUS ENTE QUERIDOS, ESTES PROFISSIONAIS TANTO DA EDUCAÇÃO COMO DA SEGURANÇA, CORREM ESTE TREMENDO E IMINENTE RISCO, SOU APOSENTADO DA SECRETARIA DA DEFESA SOCIAL (INSTITUTO DE CRIMINALÍSTICA), MUITOS POLICIAIS JÁ PERDERAM A VIDA TANTO PELA VIOLÊNCIA DO DIA A DIA NO ENFRENTAMENTO DOS CONTUMAZ CONTRAVENTORES, BEM COMO PELO CORONAVÍRUS,
    OBS. TANTO POLICIAIS COMO PROFESSORES E ATÉ MESMO MOTORISTAS E COBRADORES DE TRANSPORTES COLETIVOS TAMBÉM DEVERIAM SEREM PRIORIZADOS NA VACINAÇÃO.