Centenas de pessoas desrespeitam normas sanitárias e PM acaba com a festa em Olinda

Mesmo diante do crescente número de casos de Covid-19 e de Influenza A H3N2 em Pernambuco, aglomeração e desrespeito às medidas sanitárias foram registradas nesse domingo (30), nas ladeiras de Olinda, na Região Metropolitana do Recife.

Imagens do ‘Carnaval fora de época’, que reuniu centenas de pessoas na esquina da Rua do Amparo com a Rua Pudente de Morais, nos Quatro Cantos, circulam pela internet, causando revolta em muitos internautas.

“Se pode camarote privado, então pode carnaval de rua”, publicou uma usuária no twitter.

Para encerrar a festa, uma equipe da Companhia Independente de Apoio ao Turista (Ciatur), da Polícia Militar de Pernambuco, esteve no local e realizou a dispersão da população. Ninguém foi detido.

Com o  cancelamento da festa na cidade, devido ao aumento de casos de Covid-19 e da Influenza A H3N2, o prefeito de Olinda, professor Lupércio, anunciou quer vai pagar um Auxílio Emergencial de Carnaval a artistas, ambulantes, grupos e entidades.

Já sobre as festas privadas no Carnaval, o prefeito informou que segue o que dita o Decreto estadual, quanto ao limite de pessoas, bem como o atendimento aos protocolos sanitários.

Fonte: Folha de Pernambuco