Vida FM Asa Branca Salgueiro FM Salgueiro FM

Acusado de assassinar a menina Beatriz será submetido a Júri Popular

Marcelo da Silva, acusado de ser o assassino da menina Beatriz Angélica, morta a facadas em dezembro de 2015 em um colégio de Petrolina, será submetido a Júri Popular. A determinação é da juíza do Tribunal do Júri de Petrolina, Elane Brandão, que também manteve a prisão preventiva do réu. Marcelo estava recluso no Presídio Regional de Salgueiro (PSAL) em janeiro de 2022, respondendo por outro crime, quando a Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE) apontou que ele foi o autor do assassinato da criança.

De acordo com o G1, a decisão foi divulgada pela Assessoria de Comunicação do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) nessa quarta-feira, 6. “O agendamento da sessão de Tribunal do Júri ocorre após o Tribunal de Justiça de Pernambuco manter a decisão de pronúncia (a determinação judicial do réu ser julgado pelo Tribunal do Júri), caso haja interposição de recurso para modificá-la, ou se ocorrer a preclusão da mesma, ou seja, não houver a impetração do recurso”, informa a nota do TJPE.

“Nas duas opções, o prazo que está correndo atualmente é de 15 dias. Após esgotados eventuais recursos, se mantida a decisão de pronúncia, ou findo este período, as partes são intimadas para, no prazo de cinco dias, apresentarem testemunhas e requererem eventuais diligências ou juntada de documentos até o julgamento”, completa o tribunal.

Da redação do Blog Alvinho Patriota