Vida FM Salgueiro FM

Paulo Guedes diz que renunciará se Previdência virar ‘reforminha’

O ministro da Economia, Paulo Guedes, garante que o presidente Jair Bolsonaro está totalmente empenhado em aprovar a reforma da Previdência nos moldes em que o projeto foi enviado pelo governo ao Congresso. A proposta prevê mudanças que gerariam uma economia de até 1,2 trilhão de reais aos cofres públicos nos próximos dez anos. É, de acordo com a equipe econômica, a senha para o Brasil deixar a crise de lado e impulsionar o crescimento. O contrário disso seria o caos, que pode, segundo o ministro, ocorrer já em 2020.

Guedes, em entrevista exclusiva a VEJA, é muito claro: se houver uma mudança muito radical na proposta original da reforma, se aprovarem, como alguns defendem, uma espécie de remendo chamado jocosamente de “reforminha”, ele renunciará ao cargo. “Pego um avião e vou morar lá fora”, avisa. “Já tenho idade para me aposentar.” 

“Se não fizermos a reforma, o Brasil pega fogo. A velha Previdência quebrou. Não vamos ter nem dinheiro para pagar aos funcionários. Vai ser o caos no setor público, tanto no governo federal como nos estados e municípios”, afirma Guedes. “A Previdência é hoje um buraco negro, que engole tudo ao redor. O déficit tem crescido cerca de 40 bilhões de reais por ano. A reforma é urgente, porque os mercados não vão esperar muito mais. Eles fogem antes. A engolfada pode vir em um ano, um ano e meio.”

Sobre a possibilidade de uma versão desidratada da reforma, Guedes é incisivo: “Se os parlamentares aprovarem algo que represente uma economia menor que 800 bilhões de reais, não há a menor possibilidade de lançar uma nova Previdência. Estaríamos só remendando a velha.”

Fonte: VEJA

Gonzaga Patriota cobra votação de PEC que prevê efetivação de servidores cedidos a outros órgãos

Durante discurso na Câmara dos Deputados nessa quinta-feira, 23, Gonzaga Patriota (PSB/PE) cobrou a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nᵒ 02/03, de sua autoria, que prevê a efetivação de servidores públicos concursados cedidos a outros órgãos por mais de 10 anos ininterruptamente. A efetivação será possível em cargo de atribuições semelhantes e do mesmo nível de escolaridade, especialidade ou habilitação profissional do cargo ocupado no órgão de origem.

“Essa PEC está aqui desde 2002, e é exatamente para que os servidores públicos concursados que preencheram todos os requisitos constitucionais e, que estão há mais de 10 anos cedidos e servindo em outros órgãos públicos, por cessão, sejam obrigados a optar à continuar nesse órgão de destino ou retornarem ao seu órgão de origem, permitindo assim, a abertura de concurso para ocupação dessas vagas que estão presas. Faço um apelo ao nosso presidente Rodrigo Maia. Essa PEC tem o apoio de todos os líderes para que a gente possa trazer essa proposta para o plenário”, solicitou.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Secretaria de Saúde de Salgueiro anula contratos com empresa pelo não fornecimento de medicamentos

Dois contratos com a empresa Dental Central, sediada em Petrolina, foram rescindidos na semana passada pela Secretaria de Saúde de Salgueiro. A empresa foi notificada da rescisão unilateral por ter descumprido parcialmente suas obrigações contratuais de fornecer medicamentos, deixando encerrar os prazos das ordens de serviços. Segundo a secretaria, mesmo após receber novos prazos, a empresa não entregou os remédios.

“Ao recusar o atendimento a ordem de serviço para fornecer os medicamentos, restou caracterizado a inexecução do objeto contratual. Por conta disso fez a empresa por sua culpa exclusiva incidir as fundamentações legais para a rescisão e para eventual aplicação das sanções legais e contratuais”, ressalta a notificação, informando a anulação dos contratos de números 025/2019 e 149/2019.

A secretaria destaca que a Dental Central poderá sofrer as sanções previstas no edital de licitação, contrato e na Lei 8.666/93. Isso está sendo avaliado através de processo administrativo, em respeito à ampla defesa e o contraditório. Uma nova empresa será contratada para o abastecer o município com remédios.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Jecana do Capim acontecerá no primeiro final de semana de junho em Petrolina

Nos dias 1ᵒ e 2 de junho acontecerá a tradicional Jecana do Capim na zona rural de Petrolina. Realizado há 48 anos, o evento conta com apoio da prefeitura. Na programação, muito forró, corrida e desfile de jegues ornamentados, com premiação total de R$ 30 mil.

Os organizadores esperam atrair um público de mais de 10 mil pessoas para o povoado do Capim. A presidente da associação de moradores da comunidade, Cecília Rodrigues, destaca a importância da participação dos visitantes. “A Jecana tomou uma proporção regional maior porque vem participantes jegueiros de vários estados como Piauí, Paraíba, Sergipe”, afirma.

As atividades do sábado, 1, começam às 14h com o “Torneio de Futebol Júlio José dos Santos, no campo da comunidade. Às 17h, haverá a “Jegueada” na vila, no mesmo percurso da corrida. No turno da noite serão abertas as barracas e se apresentam César Tenório, Suzana Coelho e Sérgio do Forró. Já no domingo, 2, acontecerá a tradicional corrida de jegue, às 9h, seguida pelo Forró do Poeirão com shows de Guilherme Dantas e Victor Fernandes.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Xand Avião e Wesley Safadão abrem festejos juninos de Araripina no dia 18 de junho

O prefeito de Araripina, Raimundo Pimentel, anunciou a programação do São João do município nessa quinta-feira, 23. Logo na abertura da festividade, no dia 18 de junho, os cantores Xand Avião e Wesley Safadão prometem levar um grande público para o Parque Três Vaqueiros. O primeiro dia também contará com Brasas do Forró.

As outras atrações confirmadas são: Flávio Leandro, Jonas Esticado e Mano Walter no dia 19; Malla 100 Alça, Ávine Vinny, Alcymar Monteiro e Gusttavo Lima no dia 20; Dani Aguiar, Forró Vumbora, Gustavo Mioto e Anitta no dia 21; José Augusto, Welson Araújo e Zé Estrela no dia 22 e Toca do Vale, Wailson Federal e William Silva no dia 23.

Em entrevista ao programa Rota 903 da Arari FM, nessa quinta-feira, Pimentel falou da importância das parcerias para a realização do evento. “Num momento muito difícil como esse que o país está passando a gente foi buscar parcerias justamente para dar esse peso maior ao São João de Araripina e colocar nosso evento na ‘primeira divisão’ das festividades do Nordeste”, disse.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Kinho Callou agita Terreiro da Fazenda Restaurante nesta sexta-feira

Quem for ao Terreiro da Fazenda Restaurante na noite dessa sexta-feira, 24, vai curtir muito forró do cantor e sanfoneiro Kinho Callou. A música aliada ao ambiente aconchegante, com uma indispensável bebida e uma boa comida regional compõem um ótimo programa para fugir da rotina no fim de semana.

O estabelecimento fica localizado na Avenida Eliza Patriota, no bairro Nossa Senhora das Graças, em Salgueiro. Para chegar é fácil: pela BR-232, vindo do Salgueiro Plaza Hotel; pela Rua Lourival Sampaio, saindo da Major Antônio Rufino; ou pela Rua Sebastião da Silva Barros, a partir do Girador do Prado.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Secretaria de Cultura e Esportes e grupo Salgueiro Bike realizam “1ᵒ Ecopedal Cultural”

Ciclistas de toda a região tem um encontro marcado em Salgueiro no dia 16 de junho. Nesta data ocorrerá o “1ᵒ Ecopedal Cultural”, realizado pela Secretaria Municipal de Cultura e Esportes em parceria com o grupo Salgueiro Bike.

As inscrições estão abertas até o dia 14 de junho ou esgotarem as 300 vagas disponíveis. Os 200 primeiros receberão um kit contendo camisa do evento, squeeze e troféu personalizado. Interessados podem se inscrever pelo e-mail esportes@salgueiro.pe.gov.br ou pelo WhatsApp (87) 9 9908-3893.

A Casa do Sanfoneiro é o ponto de largada e chegada. O itinerário de 45 km ainda será divulgado. Os participantes receberão café da manhã e almoço, além de apoio logístico de hidratação e primeiros socorros durante o percurso.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Fundação Celestin comemora aniversário do distrito de Riacho Pequeno no dia 2 de junho

Várias atividades serão realizadas pela Fundação Celestin no dia 2 de junho para celebrar os 110 anos de criação do distrito de Riacho Pequeno, no município de Belém do São Francisco. A programação começa às 6h30 e se prolonga até o fim do dia.

No turno da manhã haverá Alvorada eletrônica e foguetório, hasteamento das bandeiras, café da manhã na igreja católica, abraço coletivo da avenida, homenagens ao distrito no adro da igreja e Missa Solene em Ação de Graça na Capela do Bom Jesus. À tarde ocorre desfile de alunos das escolas estadual e municipal.

Dando continuidade, no período da noite autoridades participarão de felicitações com foguetório, distribuição de bolo e refrigerante e um ato simbólico para fortalecer os laços de paz. Um show da banda Sabor de Mel encerra a festividade a partir das 22h.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Compesa participa de mutirões de negociação de dívidas em Serra Talhada e São José do Belmonte

No final deste mês, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) participa de dois mutirões de negociação de dívidas organizado pelo Procon-PE em cidades do Sertão. O primeiro ocorre de 27 a 29 de maio em Serra Talhada e o outro nos dias 30 e 31 em São José do Belmonte. A empresa oferecerá vantagens atrativas para incentivar o cliente a fechar um acordo, como parcelamento das dívidas e desconto no pagamento à vista.

Em Serra Talhada, o evento será realizado no espaço Maria´s Recepções, localizado na Praça Agamenon Magalhães. Já em São José do Belmonte, a ação ocorre na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR), situada na Rua São José, no Centro.

A Compesa garante que vai oferecer as melhores condições para o parcelamento das dívidas em até 48 vezes. Cada negociação levará em conta o tempo e o valor do débito, além da situação financeira do devedor.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Grupos agendam mobilizações prol Bolsonaro em Petrolina-PE e Juazeiro-BA

Mobilizações a favor do presidente Jair Bolsonaro serão realizadas em Petrolina-PE e Juazeiro-BA nessa sexta-feira, 24, e no domingo, 26. Os atos estão sendo organizados pelos grupos “Nova Direita Nordeste” e “Juntos Pelo Brasil”.

O primeiro acontece amanhã, com concentração a partir do meio-dia no Pátio Ana das Carrancas. Os admiradores do presidente se reunirão nas imediações do aeroporto para recepcioná-lo.

No domingo, data marcada para manifestações prol Bolsonaro em todo o Brasil, os adeptos do presidente na região demonstrarão apoio à Reforma da Previdência, CPI da “Lava Toga” e ao pacote anti-crime do ministro Sérgio Moro. As manifestações serão realizadas em Petrolina-PE e Juazeiro-BA.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Doença no coração foi causa de morte de modelo na SPFW

A causa do edema pulmonar que matou o modelo Tales Cotta durante desfile na 47ª São Paulo Fashion Week (SPFW) foi uma doença no coração provavelmente desconhecida pela família. A informação foi apontada por laudo necroscópico obtido pelo G1. O documento também descarta a presença de drogas e álcool no organismo do jovem de 25 anos.

Tales caiu na passarela durante o desfile da marca gaúcha Också, foi atendido por socorristas e levado ao hospital, mas não resistiu. O caso, ocorrido em uma das semanas de moda mais importantes do mundo, repercutiu também fora do país.

Segundo o G1, o laudo, feito pelo Instituto Médico Legal (IML) da Polícia Técnico-Científica, será anexado ao inquérito que investigava a morte do rapaz. É provável que o caso seja arquivado já que não há crime. A reportagem ouviu três médicos que comentaram o resultado do exame sob a condição de anonimato.

De acordo com eles, o documento não especifica qual doença cardíaca Tales tinha, mas indica que sua morte aconteceu devido a um problema no coração que evoluiu para um edema pulmonar agudo, acumulando líquido nos pulmões. A situação, segundo os profissionais ouvidos pelo G1, é bastante incomum em jovens da idade da vítima.

O responsável pela agência de atores e modelos do rapaz, Rogério Campaneli, já havia se pronunciado publicamente dizendo que os médicos do hospital que atenderam Tales suspeitavam da existência de uma doença congênita.

Fonte: Zero Hora

Líder diz que governo vai tentar mudar destino do Coaf no Senado

O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), defendeu que o Conselho de Controle de Atividades Financeiras ( Coaf ) continue no Ministério da Justiça. O Senado só enfrentará o tema na próxima terça-feira. Bezerra reafirmou a posição mesmo sendo questionado sobre a possibilidade disso fazer com que a MP volte para a Câmara.

— Nós vamos defender o Coaf com o ministro Moro. Essa é a posição que está no relatório, mas isso depende do plenário do Senado — afirmou Bezerra.

Na Câmara, assim como já tinha acontecido na comissão especial formada por deputados e senadores, os parlamentares votaram para que o Coaf vá para a pasta da Economia. Caso o Senado desfaça essa mudança a MP como um todo retornaria para a Câmara e os deputados teriam de analisar novamente o tema em tempo recorde para evitar que a proposta perca a validade, o que acontece no dia 3 de junho. Se a MP caducar será desfeita a redução do número de ministérios de 29 para 22 definida por Bolsonaro no primeiro dia de mandato.

Essa posição também é defendida pelo líder do PSL no Senado, Major Olímpio (SP), que anunciou que irá apresentar um destaque e que está conversando com outros senadores para conseguir apoio. Ele disse que há tempo da Câmara analisar a MP novamente e defendeu que o Senado não pode homologar as decisões da outra Casa.

Fonte: O Globo

Câmara retira mudança na Receita e conclui votação de MP

O plenário da Câmara dos Deputados concluiu na manhã desta quinta-feira, 23, a votação da Medida Provisória 870, que reestruturou o número de ministérios na gestão Jair Bolsonaro. Foi aprovado destaque que retira do texto final mudanças nas competências da Receita Federal. Pelo texto suprimido, auditores teriam menos poderes – só seriam autorizados a compartilhar com outros órgãos e autoridades indícios de crimes tributários.

A interpretação é que o Fisco seria prejudicado na identificação de crimes de colarinho branco. Parlamentares favoráveis à mudança, no entanto, avaliam que a Receita tem extrapolado as suas atribuições e investigado autoridades sem o devido respaldo legal.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, disse que o tema será rediscutido na forma de um projeto de lei em no máximo duas semanas. “É um tema importante, mas é importante rediscutir porque o texto da MP gerou lacunas e dúvidas sobre o passado das investigações”, disse.

Os deputados também aprovaram destaque do PSB e excluíram do texto o ponto que atribuiu à Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) a gestão do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT). Ele será administrado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

A votação da MP 870, cuja validade acabaria no próximo dia 3 de junho, foi conduzida depois que o Centrão, grupo de partidos que inclui DEM, PP, PSD, PR, PRB, MDB e Solidariedade, concordou em dar prioridade à matéria – outras medidas provisórias que estavam à frente dela foram votadas anteriormente. A oposição também não obstruiu a votação no plenário e apenas o PSOL se posicionou contra o texto de Fernando Bezerra Coelho.

Fonte: VEJA

Maioria do STF vota por enquadrar homofobia como crime de racismo; julgamento é suspenso

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria nesta quinta-feira (23) para enquadrar a homofobia e a transfobia como crimes de racismo. Até o momento, seis dos 11 ministros votaram nesse sentido.

A sessão desta quinta marcou o quinto dia de julgamento sobre a criminalização de condutas discriminatórias contra a comunidade LGBTI. A análise será retomada no dia 5 de junho com os votos de cinco ministros.

As ações pedem a criminalização de todas as formas de ofensas, individuais e coletivas, homicídios, agressões e discriminações motivadas pela orientação sexual e/ou identidade de gênero, real ou suposta, da vítima.

Até o momento, votaram para enquadrar homofobia e transfobia na lei de racismo os ministros Celso de Mello, Edson Fachi, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber e Luiz Fux.

O julgamento havia sido interrompido em fevereiro e foi retomado nesta quinta, mesmo depois de o Senado ter avançado em um projeto de lei sobre o tema na quarta (22). Antes da análise do tema ser retomada, nove dos 11 ministros entenderam que o avanço de um projeto no Congresso não significa que não haja omissão do Legislativo sobre o tema.

Apenas os ministros Marco Aurélio Mello e o presidente da Corte, ministro Dias Toffoli, foram contrários à retomada do julgamento. Para os dois, o STF deveria esperar o Congresso legislar.

Fonte: G1