Vida FM Asa Branca Salgueiro FM Salgueiro FM

Três estádios reprovados em PE

A primeira vistoria nos estádios de Pernambuco que serão utilizados no estadual 2010, revelou a precariedade estrutural do futebol de Pernambuco. De quatro locais visitados pela comissão de vistoria da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), três apresentaram problemas no gramado: O Carneirão, em Vitória de Santo Antão; o Cornélio de Barros, em Salgueiro; e o Gileno de Carli, do Cabo de Santo Agostinho, Este último com problemas menos preocupantes. Os demais terão que reformar seus campos.  

Estádio Salgueirão

Estádio Salgueirão

Segundo José Joaquim Pinto de Azevedo, vice-presidente técnico da FPF, uma nova vistoria está marcada para o final de novembro, aproximadamente 40 dias antes do início da competição, marcada para 13 de janeiro. O dirigente considera o prazo de 30 dias suficiente para realizar as obras necessárias não só nos gramados mas também nos banheiros e vestiários.

O melhor gramado do interior é o Chapadão, em Araripina. “…o gramado é excelente, perde apenas para o campo do Santa Cruz”, afirmou Zé Joaquim. Araripina vai participar pela primeira vez da primeira divisão do estadual.

Estádio de Araripina

Estádio de Araripina

 O estádio Otávio Limeira, em Santa Cruz do Capibaribe, já está com um novo gramado e não será problema. Neste sábado (24), a comissão visita o Lacerdão, em Caruaru e o Gigante do Agreste, em Garanhuns.

Fonte: +AB

Um comentário sobre “Três estádios reprovados em PE

  1. Alvinho Patriota

    Salgueiro está recebendo grandes investimentos, com dezenas de obras em plena execução, como transnordestina, integracão de bacias (transposição), IMIP (já inaugurado), CEFET, Centro de Convenções, etc). Não podemos deixar de nos preocupar com atividades que aglutinem as pessoas nos momentos de lazer, de entretenimento e até mesmo necessários à sua própria saúde.

    Portanto, esperamos que governo (em todos os níveis) e sociedade (sem exceção), em tão importante momento, se dêem as mãos, em favor da revitalização de nossa praça principal de esportes, pois, se tivermos de jogar fora de Salgueiro, nos momentos de nosso mando de campo, não haverá campeonato de primeira divisão para nós. Aliás, se não formos à luta, não haveria o que de fato já está certo de sediarmos a Copa do Mundo em 2014 e Olimpíadas em 2016. Os investimentos devem ser feitos e URGENTEMENTE.

    Acredito que nenhum vereador ou vereadora vai se furtar, neste momento, de aprovar suplementações requeridas pelo Executivo para investir no Salgueirão.