Vida FM Asa Branca Salgueiro FM Salgueiro FM

Tiros na praia de Porto de Galinhas: turista do Ceará morre na areia, mulher é baleada e três homens são presos em flagrante

Um turista do Ceará, de 31 anos, foi assassinado a tiros na praia de Porto de Galinhas, em Ipojuca, no Litoral Sul de Pernambuco, na manhã do domingo (12). Uma mulher foi baleada e levada para uma unidade municipal de saúde, de onde foi transferida para o Hospital da Restauração (HR), no Recife. Três cearenses foram presos em flagrante.

Segundo a Polícia Civil, foram presos dois homens com 24 anos e um de 28 anos. O trio preso por causa do envolvimento no assassinato do turista e na tentativa de homicídio da mulher foi levado para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife.

“As investigações iniciais apontam que todos os autuados têm envolvimento com o tráfico de drogas em Fortaleza e a motivação seria um conflito com a atividade criminosa naquela localidade. O caso segue em investigação pela 15ª Delegacia de Polícia de Homicídios”, disse a Polícia Civil.

Os nomes das vítimas dos crimes e dos presos não foram divulgados. A mulher ferida passou por cirurgia e está em recuperação, com quadro de saúde estável, de acordo com o Hospital da Restauração, localizado no bairro do Derby, na área central da capital pernambucana.

O que diz a PM

 – Policiais militares do 18º Batalhão, com base nas características dos envolvidos, seguiram até a pousada onde eles estavam hospedados;

– “Ao chegarem ao local, os três já se preparavam para deixar a pousada”;

– “A esposa da vítima informou ao efetivo policial que tanto seu esposo quanto os suspeitos faziam parte de uma facção criminosa do Ceará e que seu esposo havia pedido desligamento da facção, sendo jurado de morte por isso”;

– “A possível arma utilizada no crime foi entregue, à noite na Delegacia de Porto de Galinhas, por um homem que informou tê-la encontrado debaixo de seu carrinho de comércio, próximo ao local do crime”;

– O policiamento em Porto de Galinhas é feito com guarnições táticas e rondas ostensivas, além de contar com o apoio do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRv) e da Companhia Independente de Apoio ao Turista (Ciatur).

Fonte: G1