TCE-PE recomenda que Câmara de Vereadores rejeite contas do prefeito de Trindade

A Câmara de Vereadores de Trindade foi orientada pelo Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) a rejeitar as contas do prefeito, Everton Costa, referentes ao exercício financeiro de 2016. O conselheiro Valdecir Pascoal baseou seu voto no relatório de auditoria feito pelo Tribunal, que apontou várias irregularidades na gestão da educação, financeira e previdenciária.

Entre as irregularidades apontadas estão falta de recolhimento ao Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) e ao Regime Geral de Previdência Social (RGPS); baixo desempenho da administração municipal na arrecadação de tributos e dívida ativa; déficit na execução orçamentária; deficiência na transparência do Poder Executivo e realização de despesas com recursos do FUNDEB sem verba suficiente.

Valdecir destacou no voto que as falhas caracterizadas nas contas de 2016 já vinham ocorrendo de forma reincidente, o que levou a Primeira Câmara a decidir, por unanimidade, pela emissão de Parecer Prévio recomendando a rejeição das contas.

Da redação do Blog Alvinho Patriota