Vida FM Asa Branca Salgueiro FM Salgueiro FM

Sete líderes dos sem-terra são indiciados por formação de quadrilha

Do Pernambuco.com

A polícia em Borebi, no interior de São Paulo, já tem o nome dos sete líderes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra que participaram da invasão à Fazenda Santo Henrique e são suspeitos de destruir plantações de laranja e maquinários. Nos próximos dias, segundo o delegado Jader Biazon, será pedida a prisão preventiva do grupo para evitar que ele saia do estado.

Para não atrapalhar as investigações, o delegado não revelou o nome dos integrantes. Ele disse que os acusados responderão pelos crimes de formação de quadrilha, furto, dano, progressão criminosa e esbulho possessório, quando ocorre retirada violenta de um bem da posse de seu dono. “Sabemos que o MST está se movimentando para retirar os líderes que serão indiciados do estado, mas estamos com um trabalho de inteligência que já localizou todos eles”, ressalta Biazon.

Ontem, o delegado passou o dia ouvindo representantes da fazenda. “Estive lá e fiquei consternado. O que eles não puderam levar foi destruído. Não se faz reforma agrária desse jeito”, afirma Biazon. Um gerente e dois representantes da Cutrale, empresa que responde pela fazenda, ainda prestarão depoimento. Ontem à tarde, investigadores tentavam entregar intimação para os sem-terra deporem. Dois compareceram espontaneamente.