Vida FM Asa Branca Salgueiro FM Salgueiro FM

MPPE cobra providências da Compesa a respeito da falta de água em Granito

Por meio da Promotoria de Justiça de Bodocó, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou que a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) adote medidas necessárias para combater a falta de água crônica em Granito. Várias denúncias feitas ao órgão motivaram a ação.

No documento, o MPPE orienta a concessionária a fazer o abastecimento de forma subsidiária, através do envio de carros-pipas para as comunidades afetadas pela falta de água nas torneiras. Isso deve ser feito enquanto a estatal conclui as obras para a regularização do abastecimento.

Além disso, a Compesa precisa adotar com urgência providências para melhorar a situação do distrito de Rancharia, Lagoa Nova e o distrito de Bela Vista, como a perfuração de poços artesianos. Outra medida a ser tomada é identificar ligações clandestinas que atrapalham o fornecimento regular da água. A Compesa ainda deve suspender a cobrança do consumo nos dias sem abastecimento.

Resposta da Compesa

Essa semana a Compesa respondeu ao Ministério Público, comunicando que concluiu os testes das obras de uma adutora que vai aumentar a oferta de água nos municípios de Granito, Exu, Moreilândia e Bodocó em 50%. Também informou que está perfurando um poço para atender Rancharia e que os carros-pipas são disponibilizados mediante solicitação dos clientes.

Da redação do Blog Alvinho Patriota