Vida FM Asa Branca Salgueiro FM Salgueiro FM

Membros de organização criminosa são presos em Petrolina durante operação do Ministério Público de Alagoas

Três membros de uma organização criminosa com ramificações em Alagoas e Pernambuco foram presos em Petrolina nesta quinta-feira, 16, durante a “Operação Maligno”, deflagrada pelo Ministério Público de Alagoas (MPAL). Outros dois mandados de prisão foram cumpridos em Alagoas, um em Maceió e outro em Japaratinga. Em Pernambuco a ação contou com o apoio operacional do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MPPE e das polícias Militar e Civil.

As pessoas presas na operação são acusadas dos crimes de peculato, fraude em licitações e contratos, falsidade ideológica, desvio e lavagem de dinheiro público, dentre outros ilícitos. Na operação também foram apreendidos R$ 649 mil com um dos alvos, automóveis de luxo e dados telemáticos. Ainda houve o sequestro de um hotel fazenda localizado em Sento Sé-BA, pertencente a um dos envolvidos na organização criminosa.

Na investigação que subsidiou a operação, o MPAL contou com o suporte do Gaeco do MPPE para realizar o desmantelo da organização, que era especializada em burlar o princípio do concurso público, com o objetivo de desviar recursos públicos. O grupo tinha firmados contratos milionários com 20 municípios alagoanos, por meio de uma pseudocooperativa sediada em Maceió, movimentando uma vultosa cifra de R$ 243 milhões entre outubro de 2020 e março de 2023.

Da redação do Blog Alvinho Patriota