Vida FM Asa Branca Salgueiro FM Salgueiro FM

Luta pela consciência negra

Em mais de 700 municípios brasileiros se comemora hoje o Dia da Consciência Negra. A data é celebrada desde a década de 1960, mas só reconhecida por lei em 2003. Foi escolhida por coincidir com o dia da morte de Zumbi dos Palmares, em 1695, o ícone da resistência negra à escravidão. A adesão ao feriado ou instituição de ponto facultativo é decisão legal de cada município.

O dia é resultado de uma série de mobilizações do movimento negro para ressaltar não apenas as contribuições culturais que os africanos trouxeram ao país, mas para trazer à tona a reflexão sobre o papel de protagonismo que a população negra ocupou na história do Brasil.

Apesar da luta de Zumbi e da implantação de ações afirmativas e de inclusão, como a política de cotas nas universidades, a população negra ainda continua em desvantagem econômica e social com relação à branca. Segundo pesquisa do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos socioeconômico (Dieese), com base no período 2004-2006, a população negra, que representa metade do povo brasileiro, ganha menos e ainda é minoria em cargo de chefia.

Em todo país haverá uma série de atividades para lembrar a data. O evento principal ocorre em Salvador, onde o presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai assinar 30 decretos para a titulação de terras de comunidades quilombolas situadas em 14 estados. Também será lançado na solenidade o Selo Quilombola, marca que será atribuída aos produtos artesanais desenvolvidos por comunidades remanescentes de quilombos de todo o país, com o objetivo de agregar identidade cultural e valor econômico a essa produção.

Fonte: Tribuna do Brasil