Vida FM Asa Branca Salgueiro FM Salgueiro FM

João Paulo e João da Costa: um rompimento já formatado

20091108021516_cv_jajajajajj20091108021438_cv_jan

João Paulo, ex-prefeito do Recife e uma das principais lideranças do PT no estado, tornou público uma assunto que já vinha sendo tratado há algum tempo nos bastidores: o seu afastamento do atual prefeito João da Costa (PT) e o fim do núcleo político que deu sustentação a administração petista na Prefeitura do Recife desde 2001. João Paulo afirmou, pela primeira vez abertamente, que o núcleo, no formato em que se manteve e foi conduzido ao longo de sua gestão, já não funciona mais.

O núcleo a que João Paulo se refere era formado basicamente, além dos dois Joãos, pelo vereador Múcio Magalhães e pela ex-secretária municipal de gestão estratégica e comunicação Lygia Falcão. O grupo ganhou destaque e força durante as suas duas gestões a frente da PCR (2000 a 2008). Mas após a vitória do prefeito João da Costa, o núcleo entrou em rota de colisão e hoje está completamente desarticulado. João da Costa sequer atende aos telefonemas de João Paulo e nos eventos públicos os doisapenas se cumprimentam. “Enfrentávamos as questões essenciais, tratávamos de enfrentar as dificuldades coletivamente”, informou João Paulo.

Petistas que estiveram com o ex-prefeito revelam que ele não esconde mais seu desapontamento. Sem meias palavras, sempre que tem uma oportunidade o petista tem confidenciado sua decepção. João Paulo diz não entender o real motivo da “separação” e que se pudesse voltar o “filme” não sabe qual seria sua posição.

O petista chegou a revelar que não tem qualquer influência na gestão de João da Costa, governo do qual foi o responsável pela vitória. “Ele disse que não era ouvido e que João da Costa mantém uma centralização excessiva nas decisões. Para exonerar ou nomear, mesmo as funções mais simples, tem que passar pelo prefeito. A gestão não anda”, revelou um petista parte da conversa travada com João Paulo.

Fonte: Blog do Magno

Um comentário sobre “João Paulo e João da Costa: um rompimento já formatado

  1. Beto

    Dr.Alvinho Patriota, o Jornal o Sertanejo se fez presente em todas as suas edições, publicando os trabalhos que a Câmara de Vereadores de Salgueiro tem feito pela população de nossa cidade e nos sítios vizinhos e principalmente as prestações de contas mês a mês, quando o Sr. era Presidente desta casa.

    Hoje o Jornal o Sertanejo, como veículo de comunicação, gostaria de saber do Sr. como Vereador desta casa, onde foi parar o sit da Câmara que nada tem a divulgar dos trabalhos e prestações de contas ? A população de Salgueiro anda indignada com tamanho descaso. Afinal de contas esse dinheiro sai do nossos bolsos