Vida FM Asa Branca Salgueiro FM Salgueiro FM

Greve no Judiciário

Dia 11 a Justiça de Pernambuco vai parar!

No dia 28 de outubro de 2009, data em que se comemora o Dia do Servidor Público, o Pleno do TJPE presenteou os servidores do Judiciário, que lotaram as galerias, com um sonoro silêncio em relação às reivindicações da categoria. “Na verdade, parecia até que nós não estávamos ali. Mas, estávamos! E ouvimos aquele ensurdecedor silêncio, sem, no entanto, perder o nosso brio, a nossa serenidade, muito menos a nossa capacidade de indignação.” (Disse Eljo Tenório – Pres. Do SINDJUD-PE). E continua: “Saímos todos dali indignados! O Pleno do TJPE conseguiu um feito inédito: insultou a todos nós sem emitir uma palavra sequer. O que isso vai acrescentar ao currículo dos nossos nobres desembargadores não sabemos. Melhor seria se tivessem tido a coragem de levantar o debate, reconhecer as injustiças e corrigi-las com fidalguia.

Todavia, ao invés disso preferiram trilhar o caminho do corporativismo, do falso moralismo, do interesse mesquinhamente particular. Se fossem sindicalistas, diríamos que agiram como pelegos! Alegar desconhecimento de causa, não podem. Visitamos todos os gabinetes, conversamos com a maioria dos desembargadores, apresentamos um breve Memorial, provando o dever do TJPE em reajustar os nossos vencimentos. Dentre os desembargadores visitados, muitos se mostraram sensibilizados, alguns indignados até. E aqui inovaram de novo: criaram o instituto da sensibilidade e da indignação com prazo de validade.

Aprovaram o aumento do subsídio da magistratura meteoricamente, e sem nenhum constrangimento, não tocaram no assunto da nossa reposição geral anual e ainda fizeram de conta que o recinto não estava lotado de servidor. A continuar assim, melhor realizar as próximas sessões do Pleno do TJPE no Teatro Santa Isabel, ali pertinho, se não tiver um Circo na cidade, claro!” Segundo o sindicalista, a indignação toma corpo a cada dia e a greve se afigura como inevitável.

A categoria deliberou por marcar uma nova Assembleia Geral Extraordinária para o dia 11 de novembro, às 13 horas, em frente ao Tribunal de Justiça, para a defragação de GREVE GERAL POR TEMPO INDETERMINADO, no Poder Judiciário do Estado de Pernambuco. Delegações de servidores de várias comarcas do interior e Região Metropolitana compareceram à Assembleia Geral da quarta-feira, 28.10, dentre elas, as de Limoeiro, Orobó, Timbaúba, Cabo de Santo Agostinho, São Lourenço da Mata, Camaragibe, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Paulista, Recife (representado por servidores de vários locais de trabalho – Tomaz de Aquino, Paula Batista, Rodolfo Aureliano, Juizados, Centro Integrado da Criança e do Adolescente, dentre outros).

Para o dia 11 está sendo esperado um contingente ainda maior de servidores, de todas as partes do Estado de Pernambuco, bem como a presença de diversas Entidades Representativas de servidores, inclusive de outros Estados, tendo confirmado participação até o momento: o SINDSERJ (Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado de Sergipe), o SERJAL (Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado de Alagoas) a ASTAJ (Associação dos Técnicos, Auxiliares e Analistas do Poder Judiciário do Estado da Paraíba) e o SINJUSTO (Sindicato dos Serventuários e Servidores da Justiça do Estado de Tocantins).

Fonte: Sindijudpe

Um comentário sobre “Greve no Judiciário

  1. Adilson

    Boa noite.

    Já não temos homens de palavra e compromissados como antes. O atual presidente do TJPE, Des. Jones Figueiredo, a época corregedor, assinou termo de compromisso com a categoria. A reposição salarial está garantida em lei. Mesmo assim não se cumpre.

    É uma vergonha. Em quem podemos confiar!!!!!