Aluguel no Recife é o 2º mais caro do país, indica pesquisa FipeZap

Com reajuste médio de 1,81% no mês de agosto, o aluguel no Recife foi considerado o 2º mais caro do país. De acordo com o índice FipeZap, o preço do metro quadrado na capital pernambucana, que custa em média R$ 33,78, ficou atrás apenas de São Paulo, onde é preciso desembolsar em média R$ 39,19. No Brasil, a média é de R$ 30,78.

No entanto, enquanto a capital paulista reduziu o valor do aluguel em 3,55% nos últimos doze meses, Recife enfrenta um aumento de 9,72% no mesmo período. O resultado elevado destoa da realidade nacional, que acumulou uma variação positiva de 1,30%.

Apesar de estar acima da inflação registrada na cidade nos últimos doze meses, 9,65%, de acordo com o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), o reajuste do aluguel no Recife é inferior a alta acumulada pelo Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) desde agosto do ano passado, 31,12%. Tradicionalmente, o IGP-M é utilizado como base para cálculo do reajuste do aluguel. No entanto, como a alta do índice é mais do que o triplo da inflação, os recifenses têm negociado para que o reajuste seja realizado com base no IPCA.

Morando em uma casa alugada no bairro da Imbiribeira, na Zona Sul do Recife, há mais de 5 anos, o estudante Robson Silva conta que negociou com o dono do local para adiar o reajuste que seria realizado no mês de julho. “Ia aumentar quase 300 reais, eu não teria condições de pagar. Como já moro aqui há muito tempo e ele sabe que sempre pago em dia e cuido bem da casa, consegui negociar com ele e o aumento para o final do ano. Ele também reduziu o reajuste para 8%, já vai ser um grande alívio”, afirmou.

De acordo com o Índice FipeZap, a Imbiribeira é um dos bairros da cidade que possui o valor por metro quadrado mais em conta, R$ 29,6. Em seguida, aparecem Madalena e Cordeiro, com custo de  R$ 26,9 e R$ 16,1, respectivamente. Enquanto isso, o metro quadrado mais caro da cidade é encontrado no bairro do Pina. Quem deseja morar nessa área precisa desembolsar, em média, R$ 49,4. Para os moradores dessa região, o reajuste médio no preço do aluguel nos últimos doze meses foi de 14,9%. No Recife, o bairro que enfrentou o maior aumento foi o Espinheiro, na Zona Norte da cidade, 30,5%.

Fonte: Diario de Pernambuco