Prefeito de Salgueiro furou fila de vacinação contra a Covid-19

O nome do prefeito de Salgueiro, Marcones Sá, 63 anos, consta na lista das pessoas vacinadas no município contra a Covid-19, tornada pública hoje pelo governo municipal. Por ter recebido a primeira dose da vacina no dia 1ᵒ de fevereiro, Marcones furou a fila da vacinação, já que a orientação do momento era imunizar profissionais da saúde na linha de frente no combate ao coronavírus e idosos acima de 85 anos.

Na lista o prefeito aparece como Marcondes Libório Sá, vacinado como profissional de saúde da UPAE, mas não está exercendo o cargo de médico na instituição por determinação legal. O inciso II do Artigo 38 da Constituição Federal proíbe o acúmulo de funções públicas. Veja:

Ao servidor público da administração direta, autárquica e fundacional, no exercício de mandato eletivo, aplicam-se as seguintes disposições: (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998)

II – investido no mandato de Prefeito, será afastado do cargo, emprego ou função, sendo-lhe facultado optar pela sua remuneração;

A UPAE é uma instituição pública do Governo de Pernambuco, gerida pelo IMIP, portando, o prefeito está impedido de dar expediente no local. Mesmo se atuar na UPAE, ele é ginecologista/obstetra e não faz parte da linha de frente no combate à Covid-19. O primeiro lote da vacina era apenas para profissionais que estavam atuando diretamente com pacientes infectados. Com 63 anos, o prefeito só poderia ser vacinado na fase 10 da campanha de imunização, que contemplará pessoas de 60 a 64 anos.

Em fevereiro o Ministério da Saúde enviou ofício aos estados e municípios alertando que profissionais da saúde que não estavam atuando diretamente com pacientes infectados pela Covid-19 não poderiam ser vacinados naquele momento. Nesse mês, muitos idosos salgueirenses com mais de 85 anos ficaram sem a vacina por falta de doses.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

13 comentários sobre “Prefeito de Salgueiro furou fila de vacinação contra a Covid-19

  1. Marcos

    A profissão de Dr Marcones é médico, atualmente ele está prefeito, e continua atendendo como médico, faz consultas, atende a pessoas que batem a sua porta. Cidade do interior, médico não atende só em consultórios e hospitais, atende no meio da rua, na casa do paciente e etc. Dr. Severino, atendia pela manha nos órgãos públicos e mantinha em sua casa um consultório para atender a população gratuitamente, a exemplo de Dr Romão, Dr Canejo entre outros que viam o ser humano acima do dinheiro.

  2. Leitor do Blog

    Qual a profissão dele? Médico! Então está dentro do plano de vacinação.
    Não existe a profissão de prefeito. Pois nenhum cargo eletivo é profissão.

    1. MANOEL

      Vc leitor não entendeu a reportagem não foi ele é médico mais não está na linha de frente para ter tomado a vacina .Certo

      1. Leitor do Blog

        Não estão vacinando só a linha de frente em Salgueiro, estão vacinando todos que trabalham na área da saúde. Médicos, enfermeiros, técnicos, dentistas e até quem é recepcionista de clínicas e etc. você parece que não está acompanhando o cenário atual!

    2. Edivalda

      Não está trabalhando como médico
      Já idosos de 81 anos que ainda não foram vacinados.

      Em 2021 ele é prefeito.

      Está errado

      1. Leitor do Blog

        É prefeito mas não deixou de ser médico. Enquanto tiver CRM é médico!
        Prefeito não é profissão!

        1. Maria julia

          Não foi só o prefeito que furou fila existe vários outros funcionários da SMS
          e outros órgãos ligado a prefeitura e amigos
          dos mesmos a lista foi divulgada restando agora ser investigada pelas autoridades competente não é questão política e sim de lei e justiça e as duas coisas devem ser cumprida a lei e justiça é pra todos e não deve ser pra poucos

  3. José

    O ministério público tem que apurar esse absurdo do prefeito Marcones liborio, uma vez que a população aguarda ansiosamente por sua vez o prefeito vai e fura fila pra usar do cargo pra tomar vacina na frente das pessoas com mas nescessidades como determina a OMS.organização mundial da saúde ( afastamento desse prefeito já)

    1. Aldeci sobreira de lima.

      Estive na upa….e prsensiei o Dr.marcondes atendendo pacientes .portanto ele tem direto sim…isto é sim perseguição..