Serra Talhada registra caso de Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica

Pernambuco confirmou, nesta quarta-feira (28), mais um caso de Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P), doença rara associada à Covid-19. Com o novo registro, o estado totalizou 24 ocorrências, notificadas desde o início da pandemia. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), dois pacientes morreram e 22 ficaram curados.

O novo caso registrado é de um menino de 8 anos, morador de Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco. Segundo a SES-PE, a criança teve sintomas da doença no fim de setembro e, na primeira quinzena de outubro, foi curado e recebeu alta hospitalar.

Os dois primeiros casos de SIM-P em Pernambuco foram divulgados em agosto. As duas mortes são de meninas moradoras do Recife. A primeira tinha 11 anos e a segunda, 1 ano e 11 meses.

Do total de 24 casos, 22 testaram positivo para a Covid-19 e um teve contato comprovado com pessoas com resultado de exame positivo para o novo coronavírus.

Vinte e dois pacientes são moradores de Pernambuco e dois são pessoas de Alagoas e do Piauí, que foram atendidas no estado. Os pernambucanos são do Recife (7, entre eles 2 óbitos), Caruaru (2), Ipojuca (1), Jaboatão dos Guararapes (3), Goiana (1), Sirinhaém (1), Joaquim Nabuco (1), Limoeiro (1), Timbaúba (1), Flores (1), Santa Cruz do Capibaribe (1), Vitória de Santo Antão (1), Serra Talhada (1).

Fonte: G1PE