Polícia prende suspeitos de integrar torcidas organizadas e praticar crimes, no Grande Recife

A Polícia Civil prendeu, nesta terça-feira (15), suspeitos de integrar torcidas organizadas ilegais e praticar crimes como danos ao patrimônio, corrupção de menores e lesão corporal, no Grande Recife. Até as 8h20, dez dos 11 mandados de prisão foram cumpridos.

Em fevereiro deste ano, o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) decidiu pela extinção compulsória de três torcidas organizadas do Sport, Santa Cruz e Náutico.

Segundo a Polícia Civil, entre os alvos estão suspeitos de participar de uma briga que interrompeu a festa de aniversário do Santa Cruz, promovida por torcedores, no Centro do Recife, também em fevereiro. Na data, houve tumulto, disparos de balas de borracha pela Polícia Militar e detenções.

Foram emitidos também oito mandados de busca e apreensão pela Justiça para duas operações. As investigações começaram em janeiro de 2020, sob comando do titular da Delegacia de Repressão à Intolerância Esportiva, Paulo Moraes.

Fonte: G1