PM de PE interrompe rave, detém 14 pessoas por causa de drogas e aglomeração e apreende ecstasy e LSD

A Polícia Militar interrompeu uma rave em Paudalho, na Zona das Mata Norte de Pernambuco, distante 40 quilômetros do Recife. Na ação, os PMs detiveram 14 pessoas por porte de drogas, como LSD e ecstasy, descumprimento de protocolos para evitar o novo coronavírus e falsidade ideológica.

Todos os detidos foram levados para a Delegacia de Nazaré da Mata, na mesma região. Uma pessoa foi presa em flagrante.

As outras 13 pessoas detidas foram autuadas e responderão em liberdade. Os organizadores da festa foram proibidos de continuar com o evento, por descumprir o protocolo da pandemia.

A ação da PM aconteceu no domingo (30) de manhã e foi divulgada, por meio de nota, nesta segunda (31). Um dos motivos da realização da operação foi a denúncia de descumprimento das medidas de prevenção ao novo coronavírus. Desde março, o estado proíbe aglomerações em festas e shows.

A festa estava sendo realizada em um terreno localizado nas proximidades da BR-408, na zona rural do município, perto de um galpão de uma empresa de comercialização de alimentos. Diante de informações repassadas ao Serviço de Inteligência, a polícia enviou equipes ao local.

A PM informou, ainda, que entre as drogas apreendidas estavam quatro saquinhos de cocaína, dois saquinhos de LSD, porções de maconha, sete saquinhos de anestesiante, dez comprimidos de ecstasy e vinte cinco saquinhos de queratina. Os PMs também apreenderam R$ 106 em dinheiro.

Fonte: G1