Medida do BC contém expansão do crédito em janeiro

dinheiro5O volume global de crédito do sistema financeiro teve alta de 0,5% em janeiro, para R$ 1,715 trilhão, o correspondente a 46,5% do Produto Interno Bruto (PIB). Em dezembro de 2010, o estoque de empréstimo se encontrava em R$ 1,705 trilhão, ou 46,7% do PIB. O relatório do Banco Central (BC) mostrou que, em 12 meses, houve elevação de 20,3%.

A autoridade monetária informa que “a evolução moderada do crédito em janeiro já reflete as medidas restritivas nas operações às pessoas físicas anunciadas em dezembro de 2010”. O resultado foi “uma forte retração nas concessões simultaneamente à expressiva elevação das taxas de juros”, disse em relatório.

A parcela de empréstimos com recursos livres ficou em R$ 1,119 trilhão em janeiro, ampliação mensal de 0,3% e de 17,1% em 12 meses. O crédito com recursos direcionados, como financiamentos do BNDES, créditos habitacional e rural, aumentou 0,9% no comparativo mensal, para R$ 595,2 bilhões. Em 12 meses, o avanço correspondeu a 27%.

A taxa de inadimplência em atrasos superiores a 90 dias teve alta de 0,1 ponto percentual e foi a 4,6% do total da carteira de crédito referencial em janeiro, ou seja, o volume tomado pelo BC para apurar as taxas de juros médias do sistema.

A média de inadimplência em operações contratadas por pessoas físicas permaneceu em 5,7%. A inadimplência entre as pessoas jurídicas aumentou em 0,1 ponto, para 3,6%.

Conforme o BC, o prazo médio das operações está em 474 dias corridos, sendo 559 dias para pessoas físicas e 395 dias para pessoas jurídicas.

Fonte: Valor Online