Correção: Salgueiro recebeu 450 doses do novo lote da vacina AstraZeneca/Oxford

Salgueiro recebeu nesta quinta-feira, 25, um total de 450 doses do novo lote da vacina AstraZeneca/Oxford. Mais cedo havíamos informado que tinham chegado 1.150 doses só para Salgueiro, mas esse o número corresponde a todos os municípios da VII GERES.

A Gerência Regional de Saúde explicou que essas 450 unidades devem ser usadas integralmente na 1ª dose dos idosos, propiciando que o município complete a vacinação das pessoas com mais de 85 anos e amplie o público alvo para 65% daqueles na faixa etária de 80 a 84 anos.

Além disso, Salgueiro também recebeu 290 doses da vacina produzida pela Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, conhecida como Coronavac. Essas serão usadas no complemento da vacinação dos profissionais de saúde.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

4 comentários sobre “Correção: Salgueiro recebeu 450 doses do novo lote da vacina AstraZeneca/Oxford

  1. DAMIÃO

    QUEM SOUBER, PODERIA INFORMAR QUE FORA FEITO DURANTE OS ANOS ANTERIORES AO ANO DE 2021, ESPECIALMENTE NA ÉPOCA EM QUE SE INICIOU A PANDEMIA; OS DOUTORES NÃO ESTAVAM NO PODER, ELES (OS DOUTORES) AINDA ESTÃO COMPLETANDO APENAS DOIS (02) MESES DE GESTÃO PÚBLICA, ACHO POUQUÍSSIMO TEMPO, SEI QUE É MUITO FÁCIL CRITICARMOS, DEVERÍAMOS MOSTRARMOS SOLUÇÕES.
    LEMBREMOS, QUE AO APONTARMOS UM DEDO PARA OUTREM, NOSSO POLEGAR ESTA PARA A NOSSA CARA APONTANDO. (POSSAMOS ASSIM DIZER LEI DO RETORNO).

    1. DAMIÃO

      O interessante da divulgação do medicamento denominado cloroquina, O próprio Laboratório produtor do referido Medicamento, informou nos veículos de comunicação que ele o (CLOROQUINA), não ´pode ser usado contra o CORONAVÍRUS e suas MUTAÇÕES ou como queiram chamar VARIANTES, somente as vacinas são eficazes e as mesmas, tem que ser adqueridas pelo MINISTÉRIO DA SAÚDE com o aval do MINISTÉRIO DA ECONOMIA e o nosso PRESIDENTE DA REPÚBLICA, mesmo assim está havendo empecilhos para a aquisição através da IMPORTAÇÃO DOS INSUMOS E ATÉ MESMO A PRÓPRIA VACINA para que o INSTITUTO BUTANTAN, como o aval da ANVISA possa substituir os rótulos das vacinas e distribuí-las aos Estados Federativos, não cabe a nenhuma Prefeitura muito menos Prefeitos comprá-las, caso isso aconteça as mesmas serão confiscadas pelo MS, como foi o caso das vacinas compradas pelo Governo Paulista, João Dória, que teve de ceder a maioria delas para O MS.
      Não vamos ser imprudentes nas acusações.
      Biólogo pesquisador

  2. Ana Maria

    Só a vacina pouca não resolve.A população está jogada a própria sorte se depender de ação dos DOUTORES. Eis mais um ano a saúde do povo no lixão.Ninguem fala nada da pandemia,todos pianinhos.