Plantão Covif-19: Lista dos serviços essenciais conforme Decreto Presidencial

Podemos sofrer embargos por desmatamento, diz governador do Pará

Em julho, o desmatamento no estado do Pará representou 40% dos 2.254 km2 de áreas devastadas na Amazônia Legal identificadas pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Helder Barbalho (MDB), governador do estado, reconhece o descontrole da situação e prevê consequências econômicas internas e externas se o quadro não for revertido. Recentemente, ele fechou uma parceria com o banco estatal alemão KfW para financiar instrumentos de combate à derrubada das florestas.

Diante da perda de recursos do Fundo Amazônia, Barbalho teme que o país seja alvo de outras retaliações de nações engajadas no debate sobre preservação ambiental:

“Eu não descarto a possibilidade de sofrermos embargos de países sensíveis a esta causa como contraponto a um avanço desordenado do desmatamento”, argumentou o político, responsável por um território de 1,25 milhões de km2, dimensões superiores às de vizinhos latino-americanos como Colômbia e Venezuela.

O acordo formalizado com o KfW começou a ser negociado em 2016 mas só foi retomado neste ano e prevê o aporte de 12,6 milhões de euros, o equivalente a R$ 57 milhões, que será destinado à construção de cinco bases de monitoramento sob a tutela da secretaria estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade.

A ideia, segundo Barbalho, é descentralizar as fiscalizações e aumentar sua eficiência, de olho nas áreas mais sensíveis à extração ilegal de madeira e atividade rural irregular, como o Oeste e o Sul paraenses. O governo, segundo ele, tem sido apoiado pelo Inpe, além do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama) e o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio).

Na última segunda-feira, segundo o governador, a Polícia Militar atuou em conjunto com o Ibama na Operação Falcão Peregrino, que apreendeu 600 toras de madeira, rifles e munições em cinco cidades do estado.

Fonte: Época

Brasil tem 45 milhões de desbancarizados, diz pesquisa

Pesquisa realizada pelo Instituto Locomotiva revela a existência no Brasil de 45 milhões de desbancarizados, ou seja, brasileiros que não movimentam a conta bancária há mais de seis meses ou que optaram por não ter conta em banco. Isso significa que de cada três brasileiros, um não possui conta bancária. De acordo com a sondagem, esse grupo movimenta anualmente no país mais de R$ 800 bilhões.

Na avaliação do presidente do Instituto Locomotiva, Renato Meirelles, a conclusão evidente do levantamento é que o Brasil sairia mais rápido da crise econômica se a bancarização crescesse. “É muito ruim para a economia brasileira. Ficou definido na pesquisa que os bancos que operam no país ainda não falam com uma parcela significativa da população e que muitas dessas pessoas que não têm conta em banco são empreendedores, entre os quais ambulantes e trabalhadores autônomos, que precisariam estar mais inseridos na economia formal.

Meirelles explicou que como essas pessoas não têm acesso ao crédito, precisam esperar até três anos para juntar dinheiro suficiente para comprar uma geladeira, um aparelho celular ou trocar de televisão, por exemplo. Se tivessem acesso ao crédito, poderiam parcelar essas compras de modo a ter hoje esse bem. Segundo ele, isso faz a economia girar. Com essa parcela gigantesca de desbancarizados, Meirelles estimou que a economia brasileira vai demorar ainda um tempo para reaquecer.

Fonte: Época

Estado Islâmico reivindica ataque em festa de casamento em Cabul, no Afeganistão

O grupo terrorista Estado Islâmico reivindicou neste domingo (18) o ataque suicida que matou 63 pessoas e deixou outras 182 feridas em uma festa de casamento em Cabul, no Afeganistão. Entre as vítimas estão mulheres e crianças.

Por volta das 22h30 (no horário local) de sábado (17), um homem-bomba acionou seu cinturão de explosivos em um salão de festas em bairro de minoria xiita da capital. “Os convidados dançavam e festejavam quando aconteceu a explosão”, descreveu uma testemunha no hospital, atingida nos braços e na barriga.

Uma testemunha disse à TV americana CBS que mais de mil pessoas haviam sido convidadas para a cerimônia e festa.

O bairro onde aconteceu o ataque tem sido alvo de ataques suicidas nos últimos anos, pois lá estão alvos como mesquitas e centros educacionais. A maioria desses ataques foi assumida pelo Estado Islâmico, que é de origem sunita.

Os casamentos no Afeganistão são eventos que costumam reunir centenas ou até milhares de convidados em salões de dimensões industriais. Normalmente, homens ficam separados de mulheres e crianças.

Fonte:

Daniel Alves estreia com o gol da vitória do São Paulo sobre o Ceará

Não poderia ter começado melhor a trajetória de Daniel Alves como camisa 10 do São Paulo. Estreante neste domingo (18/08/2019), ele marcou o gol da vitória do Tricolor por 1 x 0 sobre o Ceará, no Morumbi, em duelo válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Para deixar ainda mais prazeroso o dia dos 47.705 são-paulinos que comparecem ao estádio, a jogada do gol de Daniel Alves começou com o outro estreante do dia, o lateral espanhol Juanfran. Ele achou o jovem Raniel na área, que tocou para o camisa 10 só empurrar para o gol.

A vitória neste domingo faz o São Paulo entrar de vez na briga pelo título do Campeonato Brasileiro. Agora com 27 pontos, o Tricolor chegou à 5ª colocação, cinco atrás do líder Santos, que perdeu para o Cruzeiro nesta rodada. Quinto colocado, o time ainda tem um jogo a menos, que será disputado nesta quarta-feira (21/08/2019), contra o Athletico-PR, na Arena da Baixada.

Fonte: Metrópoles