Vida FM Salgueiro FM

Paulo Câmara, do PSB, é reeleito governador de Pernambuco

Paulo Câmara, do PSB, foi reeleito neste domingo (7) governador de Pernambuco para os próximos quatro anos. Com 99,37% dos votos apurados por volta das 21h40, o socialista tinha 1.896.126 votos, o que correspondia a 50,61% dos votos válidos, contra 36,01% de Armando Monteiro (PTB).

A reeleição de Câmara leva o PSB ao quarto mandato à frente do governo de Pernambuco, junto com as duas gestões do ex-governador Eduardo Campos, eleito em 2006 e reeleito em 2010.

Fonte: G1

Alvinho Patriota exerce direito do voto no CEJA, em Salgueiro

Acompanhado da vereadora Paizinha Patriota e outros familiares, Alvinho Patriota (PSC) exerceu o direito de voto na manhã deste domingo, 7, no CEJA (Centro Educacional de Jovens e Adultos), no Loteamento Nossa Senhora da Conceição, em Salgueiro.

Na oportunidade, o postulante à Assembleia Legistiva concedeu entrevista para a rádio Salgueiro FM e reclamou da poluição visual de santinhos na cidade.

“A Justiça Eleitoral diz que é proibido jogar santinhos nas ruas no dia da eleição, mas nós vemos hoje as ruas sujas. Isso tem que acabar”, afirmou.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Santinhos espalhados pelas ruas de Salgueiro mostram Lula como candidato a presidente

Embora tenha sido impedido de ser candidato pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), após condenação em segunda instância pelo caso do triplex do Guarujá-SP, Lula aparece como candidato a presidente em ‘santinhos’ espalhados por diversas ruas de Salgueiro. Na verdade, o candidato do PT é Fernando Haddad.

As peças publicitárias da campanha da candidata a deputada federal Marília Arraes (PT) foram jogadas em diversas ruas da cidade, principalmente nas imediações dos pontos de votação no Centro e nos bairros.

Segundo a Justiça Eleitoral, a prática observada em Salgueiro constitui crime eleitoral previsto no Artigo 323 do Código Eleitoral, que veda a propagação de fatos inverídicos, em relação a partidos ou candidatos, capazes de influenciar o eleitorado.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Gasolina acumula alta de 20% em 12 meses, aponta IBGE

O preço médio da gasolina no país acumulou em 12 meses até setembro alta de 19,99%, segundo dados sobre a inflação divulgados na sexta-feira (5) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Somente em setembro, a gasolina registrou alta de 3,94%. No acumulado nos 9 primeiros meses do ano, o aumento é de 13,74%

De acordo com o gerente da pesquisa, Fernando Gonçalves, a gasolina representou 18% da inflação de 4,53% no país, no acumulado em 12 meses, segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

A principal pressão inflacionária no mês de setembro, segundo o IBGE, veio dos combustíveis que saíram de uma deflação de 1,86% em agosto para alta de 4,18% em setembro, e responderam por metade da variação mensal de 0,48% do IPCA.

Já o preço do diesel teve alta de 6,91% em setembro, acumulando aumento de 12,39% em 12 meses.

O etanol por sua vez subiu 5,42% em setembro, acumulando alta de 8,69% no ano.

Fonte: G1

Confira o que pode e o que não pode no dia das eleições

Neste domingo (7), eleitores irão às urnas em todo o país para escolher os futuros governantes. Pela Lei Eleitoral, os eleitores precisam respeitar algumas regras nos locais e no dia da votação.

Uso de bandeiras e camisetas do candidato

O eleitor pode demonstrar a preferência por um candidato, desde que seja de maneira individual e silenciosa. São permitidas bandeiras sem mastro, broches ou adesivos no local de votação. Uso de camisetas foi liberado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O eleitor poderá usar a camiseta com nome de seu candidato preferido, sem fazer propaganda eleitoral a favor dele. A camiseta não pode ser distribuída pelo candidato.

Cola eleitoral

O eleitor pode levar, em papel, os números dos candidatos anotados. A cola eleitoral (imprima aqui)  é permitida e recomendada pela Justiça Eleitoral, pois o eleitor irá votar para cinco cargos (deputado federal, deputado estadual ou distrital, dois senadores, governador e presidente). Não é permitida a “cola” em celular na hora de votar.

Uso de celular e tirar selfie

Na cabine de votação, celulares, máquina fotográficas, filmadoras ou outro dispositivo eletrônico não são permitidos. Os equipamentos podem corromper o sigilo do voto, ou seja, não pode tirar selfie na hora da votação ou tirar foto do voto. O eleitor que baixou o e-Título vai apresentá-lo ao mesário e depositará o celular em uma mesa enquanto estiver na cabine de votação. Ao final, o aparelho será devolvido pelo mesário.

Acompanhante

O eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida poderá contar com o auxílio de pessoa de sua confiança na hora de votar, mesmo que não tenha feito o pedido antecipadamente ao juiz eleitoral.

Alto-falante e carreatas

Uso de alto-falantes, caixas de som, comícios e carreatas são proibidos.

Boca de urna

Tentar convencer um eleitor a votar ou não em um candidato é proibido. A propaganda de boca de urna também não é permitida. São consideradas boca de urna, por exemplo, a distribuição de panfletos e santinhos de candidatos, a aglomeração de pessoas usando roupas uniformizadas ou manifestações nas proximidades das zonas eleitorais.

Bebida alcoólica

A legislação eleitoral proíbe a venda de bebida alcoólica das 6h até as 18h no dia da eleição. No entanto, cabe a juízes e às Secretarias de Segurança Pública de cada unidade da Federação decidirem sobre a proibição da venda e do consumo nos estados ou até em cidades.

Fonte: Agência Brasil

Vice de Bolsonaro polemiza ao falar em ‘branqueamento da raça’

O general Hamilton Mourão, candidato à vice-presidência na chapa encabeçada por Jair Bolsonaro (PSL), fez neste sábado (6), mais uma declaração inusitada ao desembarcar no início da noite no aeroporto de Brasília. Depois de uma rápida entrevista, o general apontou para um adolescente que o esperava no saguão, acompanhando a comitiva familiar, e disparou: “Meu neto é um cara bonito, viu ali? Branqueamento da raça.”

Mourão já havia causado polêmica ao vincular o negro à malandragem e o índio à indolência, em palestra de campanha em Caxias do Sul (RS). Depois da repercussão negativa da fala, justificou-se dizendo que se autodeclarara índio no TSE. O general afirmou que não teme conflitos durante o pleito deste domingo (7), apesar da polarização da campanha. “Não estamos com medo disso. Somos dois militares oriundos do Exército de Caxias, o Pacificador. Vamos pacificar as coisas”, afirmou.

Fonte: Correio 24 Horas

Datafolha – Pernambuco, votos válidos: Paulo Câmara, 52%; Armando Monteiro, 35%

Pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (6) aponta os seguintes percentuais de voto para o governo de Pernambuco. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Votos Válidos 

Paulo Câmara (PSB): 52%
Armando Monteiro (PTB): 35%
Dani Portela (PSOL): 4%
Julio Lossio (Rede): 3%
Maurício Rands (Pros): 3%
Ana Patrícia Alves (PCO): 1%
Simone Fontana (PSTU): 1%

Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no primeiro turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.

Sobre a pesquisa 

Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos

Quem foi ouvido: 2.674 eleitores, com 16 anos ou mais, em 59 municípios

Quando a pesquisa foi feita: nos dias 5 e 6 de outubro

Registro no TSE: PE‐05100/2018

O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro

Fonte: G1

Pesquisa Datafolha aponta segundo turno entre Bolsonaro e Haddad

O Instituto Datafolha divulgou neste sábado (6) a última pesquisa de intenção de votos para a Presidência da República antes da votação deste domingo (7). Segundo o levantamento, o candidato Jair Bolsonaro (PSL) irá enfrentar Fernando Haddad (PT) no segundo turno, que acontece no próximo dia 28.

De acordo com a pesquisa, Bolsonaro tem 40% das intenções de voto, enquanto que Haddad aparece com 25%. O presidenciável Ciro Gomes (PDT) estacionou no terceiro lugar, com 15% na preferência do eleitorado.

Publicada na última quinta-feira (4), a pesquisa anterior do Datafolha apontou que Bolsonaro tinha 35% das intenções de voto, enquanto que Haddad, 22%; e Ciro, 11%.

Fernando Haddad (PT) no segundo turno, que acontece no próximo dia 28.

De acordo com a pesquisa, Bolsonaro tem 40% das intenções de voto, enquanto que Haddad aparece com 25%. O presidenciável Ciro Gomes (PDT) estacionou no terceiro lugar, com 15% na preferência do eleitorado.

Publicada na última quinta-feira (4), a pesquisa anterior do Datafolha apontou que Bolsonaro tinha 35% das intenções de voto, enquanto que Haddad, 22%; e Ciro, 11%.

Confira os resultados de votos válidos da pesquisa deste sábado (6):

– Jair Bolsonaro (PSL): 40%
– Fernando Haddad (PT): 25%
– Ciro Gomes (PDT): 15%
– Geraldo Alckmin (PSDB): 8%
– Marina Silva (Rede): 3%
– João Amoêdo (Novo): 3%
– Alvaro Dias (Podemos): 2%
– Henrique Meirelles (MDB): 2%
– Cabo Daciolo (Patriolta): 1%
– Guilherme Boulos (PSOL): 1%
– Vera Lúcia (PSTU): 0%
– João Goulart Filho (PPL): 0%
– Eymael (DC): 0%

Fonte: R7