Plantão Covif-19: Lista dos serviços essenciais conforme Decreto Presidencial

Top 10: Notícias mais acessadas de 23/09/2019 a 27/09/2019

1 – IBGE abre inscrições de Processo Seletivo Simplificado com vaga para região de Salgueiro

2 – Bandidos tentam assaltar avião de transporte de valores e carro-forte em Petrolina

3 – Servidora pública aposentada convida crianças salgueirenses para mais uma Festa de Cosme e Damião

4 – Homens são detidos em Salgueiro com cédulas falsas e carro em situação irregular 

5 – Assaltantes roubam veículo de empresa provedora de internet na zona rural de Salgueiro

6 – Homem é encontrado morto e despido em aldeia entre Salgueiro e Carnaubeira da Penha 

7 – Ednaldo Barros lamenta ameaças dirigidas aos vereadores nas redes sociais 

8 – Jogadora de Serrita ganha destaque em time feminino sub 20 do Ceará Sporting Club 

9 – Unidade do CIEE-PE instalada em Salgueiro ajuda a inserir estudantes em programas de estágio e aprendizagem 

10 – MPPE recomenda que prefeito e presidente da Câmara de Verdejante preencham cargos através de concurso público

Acidente com VLTs deixa mais de 30 feridos em Fortaleza

Trinta e sete pessoas ficaram feridas em um acidente entre dois trens do VLT neste sábado (28), em Fortaleza.

Faltava pouco para o meio-dia quando o acidente aconteceu. As duas composições do VLT bateram de frente. Imagens feitas com celular mostram os passageiros tentando sair dos trens logo após a batida.

Trinta e sete pessoas ficaram feridas, entre elas, os dois maquinistas que ficaram presos às ferragens e foram retirados pelos bombeiros.

“Foi um milagre porque dois trens, um de frente para o outro, na velocidade que vinham, na mesma linha, foi um milagre de deus, porque tanto ele quanto o outro motorista estão falando, com sinais vitais muito perceptíveis normais”, conta Felipe Cavalcante, autônomo.

Os dois trens, que permanecem no local do acidente, faziam uma linha que tem quase 11 quilômetros e passa por 22 bairros de Fortaleza. Mas eles fazem operação assistida. Ou seja, funcionam em fase de testes sem cobrar passagem dos usuários.

A Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos informou que está dando suporte às vítimas e que vai apurar as causas do acidente. As operações na linha foram suspensas.

Fonte: Jornal Nacional

Doria volta a se contrapor a Bolsonaro: “boa política se faz unindo as pessoas”

Na tentativa de se colocar como alguém capaz de quebrar a polarização política no País, o governador de São Paulo João Doria (PSDB) disse na tarde deste sábado, 28, que “a boa política se faz unindo as pessoas, não separando.”

Em evento para apresentar o “novo PSDB” no Rio de Janeiro, Doria fez um discurso com contornos nacionais e de claro posicionamento para a disputa presidencial de 2022. Em alguns momentos, citava os nomes da pré-candidata do partido à Prefeitura do Rio no ano que vem, Mariana Ribas, e de outras figuras locais presentes ao evento.

O ex-prefeito Eduardo Paes (DEM), que deve compor chapa com os tucanos na cidade, foi atração surpresa do encontro e recebeu elogios dos quadros do PSDB. Doria o chamou de “extraordinário prefeito”.

Toda a fala de Doria girava em torno de acenos a uma união do País contra o que considera os extremos. “Os extremos não constroem, os extremos destroem”, disse. “Nós erramos, sim, mas tivemos a humildade de corrigir. Os extremados não reconhecem os erros.”

Além de lideranças locais, o primeiro encontro do “novo PSDB” fora de São Paulo teve a presença do prefeito de São Paulo, Bruno Covas, e do presidente nacional do partido, Bruno Araújo, entre outros quadros. A sigla é comandada no Rio pelo empresário Paulo Marinho, importante articulador da campanha presidencial de Jair Bolsonaro, de quem virou dissidente.

Outro ex-bolsonarista que participou do encontro foi o ex-ministro Gustavo Bebianno, que também pregou união contra o que chama de extremos. “O pêndulo estava todo à esquerda, agora está todo à direita. Acho que ele precisa parar no centro, olhar para o Brasil”, apontou o ex-ministro.

Doria também se contrapôs a Bolsonaro ao dizer que defende o meio ambiente e valoriza a Cultura. Mariana Ribas é gestora da área cultural e, segundo o governador, representa tudo o que o novo PSDB quer pregar.

Fonte: Correio Braziliense

Namorada rejeita pedido da Lava Jato para que Lula vá ao regime semiaberto

A socióloga Rosângela da Silva, namorada do ex-presidente Lula, usou o Twitter para se mostrar contrária ao pedido de progressão do petista para o regime semiaberto, apresentado ontem pelos procuradores da força-tarefa da Lava Jato. Segundo ela, o pedido vem daqueles “que fraudaram a Justiça”.

“A Liberdade irá nos alcançar mas não virá assinada por aqueles que fraudaram a Justiça! #lulainocente #liberdadeplena”, escreveu na rede social.

Em seguida, compartilhou um vídeo de Lula se posicionando sobre o tema durante uma entrevista. “Eu só saio daqui com 100% de inocência. E o maior prazer seria sair daqui e o Moro entrar no meu lugar. Ele e o Dallagnol”, brada o ex-presidente no vídeo.

O advogado Cristiano Zanin, que comanda a defesa de Lula, já havia deixado claro que consultaria Lula sobre a progressão de regime, mas também cobrou, em nota, que ele seja inocentado.

“O ex-presidente Lula deve ter sua liberdade plena restabelecida porque não praticou qualquer crime e foi condenado por meio de um processo ilegítimo e corrompido por flagrantes nulidades.”, escreveu Zanin.

Ontem, os procuradores da Lava Jato pediram à juíza Carolina Lebbos, responsável pela execução da pena do ex-presidente, a progressão dele para o regime semiaberto, com base no fato de que Lula já cumpriu um sexto da pena no caso do tríplex do Guarujá e teve bom comportamento na prisão.

Lula está preso desde o dia 7 de abril de 2018, quando se entregou a policiais federais no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo. Ele foi levado para a Superintendência da Polícia Federal no Paraná, onde cumpre pena em uma sala de estado-maior.

Fonte: UOL

Atual PGR, Aras classifica de ‘inaceitáveis’ atitudes de Janot e diz que ‘erros’ dele não podem manchar MP

Em nota divulgada neste sábado, o atual procurador-geral da República, Augusto Aras, classificou de “inaceitáveis” as atitudes de seu antecessor Rodrigo Janot, e acrescentou que “os erros de um único ex-procurador” não podem manchar a imagem institucional  do Ministério Público.

Janot afirmou em entrevistas que foi armado ao Supremo Tribunal Federal (STF) com o objetivo de matar o ministro Gilmar Mendes, mas que desistiu do homicídio pouco antes de sacar a arma.

Na sexta-feira, a Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão contra Janot por ordem do ministro do STF Alexandre de Moraes, após pedido de Gilmar Mendes. Na mesta decisão, Moraes  proibiu Janot de entrar no STF e de se aproximar dos ministros.

Aras foi empossado no comando da PGR na última quinta-feira , após ser indicado para o cargo pelo presidente Jair Bolsonaro e ter sido aprovado pelo Senado.

Fonte: O Globo