Vida FM Asa Branca Salgueiro FM Salgueiro FM

Vítimas de pedofilia nos EUA querem que papa seja testemunha de processo

01_mvb_mundo-papaOs advogados de vítimas de pedofilia cometidas por padres nos Estados Unidos querem que o papa Bento 16, acusado como responsável maior pela ocultação das denúncias na Igreja Católica, seja testemunha do processo. O Vaticano afirma, contudo, que o papa tem imunidade como chefe de Estado.

“O papa é certamente um chefe de Estado, que tem o mesmo status de todos os chefes de Estado”, disse Giuseppe dalla Torre, chefe do tribunal do Vaticano, em entrevista ao jornal “Corriere della Sera”.

Segundo Della Torre, o papa tem assim imunidade nas cortes estrangeiras. Os advogados de várias vítimas de abuso sexual cometidos por padres querem trazer o papa como testemunha, em uma tentativa de provar a negligência do Vaticano com este tipo de crime.

O papa, contudo, é protegido pela imunidade diplomática concedida por mais de 170 países, incluindo os EUA, pelas suas relações com o Vaticano. Eles consideram o Vaticano um Estado soberano e o papa como seu líder.

Dalla Torre rejeitou ainda uma estratégia adotada por advogados de que os bispos americanos, alguns deles acusados de simplesmente transferir pedófilos de paróquia, poderiam ser considerados empregados do Vaticano o que tornaria seu “chefe”, o papa, responsável por seus atos.

“A Igreja não é uma corporação multinacional. Ele [papa] tem primazia espiritual sobre a Igreja, mas cada bispo é responsável por comandar sua diocese”, explicou.

Fonte: Folha Online

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *