TCE-PE pede que prefeitura explique origem de verba de R$ 1,2 milhão para contratação de shows de João Gomes, Vitor Fernandes e outros artistas

O Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) encaminhou ofício à Prefeitura de Bom Conselho nessa quinta-feira, 12, pedindo explicação sobre o uso de recursos do Fundo Municipal de Educação para a contratação de diversos artistas, que compõem a programação das festividades juninas.

Essa semana o Blog do Jamildo informou que a prefeitura do município do Agreste usou recursos da educação, na ordem de R$ 1.120.000, na contratação dos cantores. O valor mais alto é do serritense/petrolinense João Gomes, que vai faturar R$ 350 mil pelo show.

A prefeitura também contratou Vitor Fernandes por R$ 200 mil; a dupla César Menotti e Fabiano por R$ 200 mil; Marcynho Sensação por R$ 200 mil; Priscila Senna por R$ 120 mil; e o cantor Luka Bass por R$ 50 mil.

O Tribunal quer que a prefeitura, através da Secretaria de Educação, explique a origem/fonte dos recursos que serão usados para pagar os artistas e outras despesas do São João.

Da redação do Blog Alvinho Patriota