Sport e Náutico empatam em 1×1 no jogo de ida da final do Estadual

Tudo igual no primeiro jogo da final do Campeonato Pernambucano 2021. Com direito à polêmica e uso de VAR, Sport e Náutico empataram em 1×1, na Arena de Pernambuco, nesse domingo (16). Everaldo marcou para o Leão. Wagner fez para o Timbu. O duelo da volta ainda não tem local definido – o mando é dos alvirrubros, mas a partida tem possibilidades de sair dos Aflitos e acontecer novamente em São Lourenço da Mata. Um novo empate provocará penalidades. O vencedor levanta a taça do Estadual.

Os estereótipos de Náutico e Sport no Pernambucano 2021 foram colocados em prática no início do clássico. Dono do melhor ataque, o Timbu começou pressionando. Com marcação alta e muita velocidade pelas pontas, os alvirrubros tinham a maior posse, mas esbarravam na defesa do Leão, trunfo rubro-negro nos últimos jogos. As melhores chances foram todas em chutes da entrada da área. Em um deles, Jean obrigou Maílson a fazer boa defesa.

O Sport era reativo. Sabia que, ao atacar, o Náutico deixaria muitos espaços. Em dois lances, o Leão teve, com Thiago Lopes e Maidana, ótimas oportunidades de marcar, na pequena área. O primeiro parou em Alex Alves, enquanto o segundo mandou para fora.

Cada time teve uma chance de marcar nos minutos finais. Após rebote de Maílson em cobrança de falta de Jean, Camutanga, com o gol aberto, mandou por cima. Lance que custou caro ao Náutico. Aos 45, o Timbu saiu errado. A bola terminou nos pés de Everaldo. Um corte seco e um chute colocado. Gol do Sport. Na comemoração, o atacante dançou o “tchaki tchaki”, em homenagem ao ex-BBB Gilberto, vítima de ato homofóbico por parte de Flávio Koury, conselheiro do Leão.

A vantagem do Sport no placar durou mais tempo no intervalo do que quando a bola rolou. Aos cinco do segundo tempo, após escanteio de Jean, Wagner se antecipou a Maílson e empatou a partida para o Náutico.

O Clássico dos Clássicos não ficou sem polêmica. Após boa jogada pela esquerda, Erick empurrou para o fundo do gol. O bandeira assinalou impedimento. O VAR foi acionado para ver o lance e confirmou a anulação do tento – embora os alvirrubros tenham saído de campo questionando a decisão.

Fonte: Folha de PE