Reforço com vacina Pfizer aumenta em 20 vezes anticorpos da Coronavac

O reforço com a vacina da Pfizer contra a Covid-19 para voluntários que haviam tomado o esquema completo da Coronavac aumentou em até 20 vezes o nível de anticorpos dos imunizados, segundo resultados preliminares de um estudo feito no Uruguai. No país, 24% da população já recebeu três doses de vacinas contra a Covid-19.

A pesquisa completa envolve cerca de 200 voluntários e irá durar dois anos, com coletas de sangue periódicas dos participantes.

O recorte que sustenta a informação foi feito a partir dos dados de 57 pessoas que tiveram o sangue colhido em quatro ocasiões: antes de serem vacinadas, 18 dias depois da vacinação, 80 dias em média após a vacinação, e 18 dias em média após o reforço com o imunizante Pfizer.

Na primeira amostragem, ainda antes da imunização, nenhum dos participantes apresentou anticorpos específicos contra o coronavírus, o que era de esperar, pois nenhum deles havia contraído o vírus. Na segunda, 18 dias após a vacinação, 100% apresentaram anticorpos antivirais específicos, em níveis variados.

Após a terceira coleta, 80 dias após o esquema completo, uma diminuição geral de anticorpos foi observada em relação aos níveis detectados na segunda amostragem. Por fim, após receberem uma dose do imunizante Pfizer, verificou-se que todos tiveram um aumento no nível de anticorpos de, em média 20 vezes, daquele observado na segunda coleta.

Fonte: Metrópoles