Prefeito de Salgueiro veta integralmente projeto que tornava cultos e missas essenciais

O prefeito de Salgueiro, Marcones Sá, vetou integralmente o Projeto de Lei nᵒ 011/2021, que tornava cultos e missas essenciais no contexto de quarentenas de contenção a doenças contagiosas. A proposta de autoria de Léo Parente foi aprovada por unanimidade na Câmara de Vereadores no dia 12 de março.

Informação do veto foi divulgada pelo vereador Sávio Pires na sessão ordinária de hoje. “Por quê, senhor prefeito, fechar as igrejas e deixar esses outros pontos de aglomeração e o senhor não toma nenhuma medida restritiva? A Caixa Econômica sempre acumulando pessoas e dentre outros pontos que têm aglomeração”, reclamou.

Decisão do STF

Na semana passada o ministro Kássio Nunes, do STF (Supremo Tribunal Federal), determinou a proibição do fechamento das igrejas. Contudo, no dia 8, o plenário do órgão se reuniu e decidiu por maioria dos votos que estados e municípios têm autonomia para deliberar sobre o funcionamento das igrejas e demais templos religiosos.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

   

10 comentários sobre “Prefeito de Salgueiro veta integralmente projeto que tornava cultos e missas essenciais

  1. Ana Neide de Barros

    A fé é algo essencial na vida de qualquer ser humano, no entanto ela só existe se houver vida. Então a vida não pode ser judicializada. Não é uma lei que vai definir fé como essencial e vida em segundo plano. O Vaticano assumiu todas as medidas de defesa da vida neste período de COVID, por que aqui teria de ser diferente, observamos uma média de mortes de mais de três mil pessoas por dia, UTIs lotados, falta de insumos para entubação e continuamos a querer tentar contra a vida. Na Bíblia vimos o texto das tentações no momento de fraqueza física 40 dias de Jejum mas Jesus não cede as tentações, para fome justifica que nem só de pão vive o homem e hoje o que será que Ele diria diante desta tentação de favorecer a proliferação da morte?
    Como gente de fé devemos sim fortalecer nossa oração, fortalecer a Igreja Doméstica, utilizar os meios que temos para evangelizar e tornar as pessoas mais próximas. Entender que ter fé é estar a serviço da vida e só entende o que é a perda pela covid que perdeu seus entes queridos e as vezes nem a dor ficou porque da mesma família foi o pai, a mãe, os filhos… peçamos a Deus discernimento para sermos fiéis ao seu projeto de vida e não nós deixarmos levar pelas tentações mundanas cuja justificação não está na defesa da vida mas no desafiar a Deus.
    Não tentaräs o Senhor teu Deus!!!

    1. DAMIÃO

      A VOCÊ ANA NEIDE.

      MEUS SINCEROS PARABÉNS, PARABÉNS E MUITO MAIS DO QUE ISSO, VOCÊ DEU UMA LIÇÃO DE DISCERNIMENTO E QUE LIÇÃO, NADA MAIS TENHO A ACRESCENTAR PELO SEU SENSO DE AMOR AO PRÓXIMO E A SI MESMA.
      PELA MINHA IDADE EU SOU MAIS QUE UM SETENTÃO, EU ESPEREI PELA MINHA VEZ E CONSEGUI TOMAR AS DUAS DOSES DA VACINA CONTRA COVID-19; DESDE O MÊS DE MARÇO DO ANO DE 2020, EU E MEUS FAMILIARES NOS TORNAMOS RECLUSOS EM MEU DOMICILIO, ONDE CONTINUAREI E AINDA CONTINUA TOMANDO MINHAS PRECAUÇÕES;
      QUEM QUER E PRECISA ORAR NECESSARIAMENTE NÃO PRECISA SAIR DE CASA E FREQUENTAR UM TEMPLO RELIGIOSO; DIARIAMENTE AS QUATRO HORAS DA MANHÃ EU E MINHA ESPOSA ASSISTIMOS PELO YOUTUBE UMA LIVE DE FREI GILSON E OUTROS SACERDOTES POR ELE CONVIDADOS, TODOS ORANDO PELA HUMANIDADE, ESSA LIVE É ÓTIMA, DURANTE TODA A QUARESMA PASSAMOS ORANDO EM NOSSO LAR, CUJO PREGADOR ERA O FREI GILSON E OUTROS RELIGIOSOS DA IGREJA CATÓLICA; ESTA LIVE CONTINUA TODOS OS DIAS A PARTIR DAS QUATRO HORAS (04hs) DA MANHÃ, QUEM PUDER ASSISTIR NÃO PERCA.
      ATT
      DAMIÃO
      DAMIAO

  2. Carlos Alberto da silva

    Estive na igreja do santuário domingo e tirei toda a certeza do mundo,se o pessoal tivesse de morrer de covid fosse nas igrejas não morriam ninguém muito organizado parabéns aos padres.

  3. Valdirene Ribeiro De Sá

    Como igreja não tem haver com política, sou a favor da igreja aberta é lá que nos fortalecemos para enfrentar o período que estamos vivendo e não adianta vim com história que somos a igreja e não precisa ir no templo. Igreja somos mais é no templo que nos Fortalecemos mais através da eucaristia e na presença de Jesus sacramentado. Fiscalize os bares e festas nos sítios senhor prefeito.

  4. Ana Maria dos Santos

    Como é que a igreja não é essencial para nós prefeito pois se não fosse eu ir na igreja e entregar aos pés de jesus minhas angustia e medo eu não estaria de pé o que não é essencial e os bares a noite está lotados com gente bebendo festa escondidas saia a noite Aparti das dessa noite que verem estou muito triste com o senhor venha nas igrejas e veja se estão lotada depois o povo não querem saber de Deus infelizmente tudo e com maior cuidado na igreja tem todo cuidado

  5. DAMIÃO

    No dia 08/04/2021, O plenário do STF decidiu por maioria dos votos, que os Estados e Municípios tem AUTONOMIA para deliberarem sobre o funcionamento dos templos religiosos.

    Será que em nossa Cidade, não existe coisas mais sérias para serem tratadas ou debatidas, deveriam deixar de lado o lenga-lenga, para saber o que é e o que não é essencial, todas as pessoas dotadas de bom senso sabem e entendem, que os templos religiosos são casas de orações, porém, quem quer orar ou meditar, podemos orar ou meditarmos em nossos lares, que hoje se torna um dos locais mais seguros para tudo ou quase tudo que pretendemos fazer ou realizar; necessariamente não tem no interior dos templos religiosos, sem ter que nos expor ao COVID-19 e suas MUTAÇÕES OU VARIANTES; Tanto o poder executivo com o poder legislativo, deveriam se unir em prol da nossa Cidade, Salgueiro precisa crescer e se desenvolver em sintonia das duas casas.
    xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

  6. Telma Fraga

    Parabéns, prefeito. Você sabe de quem o protocolo você está seguindo… De Deus, com certeza é que não é.
    Mas Ele e só Ele, está acima de tudo!