Prefeito de Salgueiro critica emendas parlamentares durante Conferência de Assistência Social

Em discurso no decorrer da 11ª Conferência Municipal de Assistência Social realizada na Escola Professor Manuel Leite nessa segunda-feira, 30, o prefeito de Salgueiro, Marcones Sá, disparou críticas ao sistema de destinação de emendas parlamentares aos municípios. Entre outras coisas, falou que essas ações funcionam como um tipo de coronelismo.

“Eu tenho vergonha de emenda parlamentar. Viu vereador? É uma prática que a gente vai atrás, mas essa prática é uma prática do coronelismo mais antigo, ultrapassado que tem na Constituição brasileira, no regime administrativo brasileiro”, afirmou.

Justificando a crítica, Marcones argumentou que as emendas não contemplam as políticas públicas de forma igualitária. “Você tem um município que tem agregado senador, deputado, aí vai receber as emendas. Os outros que não têm vão ficar excluídos. E ainda vem a negociata, como se tivesse comprando os cidadãos com aqueles recursos”, acrescentou.

A fala do prefeito foi direcionada ao vereador Flavinho Barros, que discursou antes e falou sobre a importância de se buscar emendas para investimentos na Assistência Social. Para o prefeito, políticas públicas, principalmente da Assistência Social, devem ser financiadas através de repasses fundo a fundo.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

5 comentários sobre “Prefeito de Salgueiro critica emendas parlamentares durante Conferência de Assistência Social

  1. Licurgo

    Marcones demonstra diariamente qual o seu objetivo para com essa cidade. Há poucos dias defendeu o nome de Fernandha Batista da Secretaria de Recursos Hídricos, ou seja, parte do Consórcio da Sede e consequente do desemprego e do atraso de Salgueiro. Agora vem com essa fala. Quer Salgueiro igual a Belém mesmo.

  2. José de Oliveira Siqueira

    Que fala infeliz do prefeito. Marcones com tamanha experiência, sabe a importância da política, do diálogo, do apoio recíproco entre os entes e atores políticos. Foram emendas que proporcionaram a construção da praça do santuário, a academia das cidades de Conceição, pavimentação em diversas gestões, perfuração de poços na zona rural. Só sabe o que é emenda parlamentar e não se envergonha é quem precisa de ajuda para ter o mínimo.
    O PSB de Salgueiro ajudou João Campos ter 8 mil votos para Federal, e o que mandou em contrapartida? Qual é o problema de buscar emenda para o município? Não é coronelismo, é política visando a população. Marcones mostra que a mentalidade não evolui. Assim como criticou ambulância. Salgueiro ou qualquer outra cidade não serve apenas para votos. É triste de se lê tal posicionamento do prefeito.

  3. Samuca

    Não é isso não…tem gente que pensa que é o dono da cidade, esses são os coronéis das antigas.A cidade ainda mantém esses tipos uma hora o povo enxerga.

  4. DAMIÃO

    A busca por Emendas é uma questão assistencialista e quando é assistencialista, ela é mais eleitoreira, só beneficia apenas a minoria das minorias da População, se deve pensar na População como um todo e não apenas em uma pequenissima fatia ou parte da População; Acorda Povo! De uma maneira geral temos que ficar bem alertas. Acorda Brasil dos verdadeiros Brasileiros.
    No ano de 2022 teremos eleições majoritárias, sejamos conscientes na hora de votarmos, saibamos escolher os nossos representantes políticos.
    O Político que trabalha não está fazendo favor a ninguem, está CUMPRINDO com a sua OBRIGAÇÃO ou DEVER. e nada mais do que isso..