Prefeito de Ouricuri reduz público em eventos para até mil pessoas em locais abertos e 300 em locais fechados

Não satisfeito com as novas normas anunciadas pelo Governo de Pernambuco, que passam a vigorar a partir de amanhã, 14, o prefeito de Ouricuri, Ricardo Ramos, decretou medidas ainda mais restritivas no setor de eventos – de longe, o mais afetado pela pandemia. O gestor ouricuriense determinou nesta quinta-feira, 13, redução do público em festas para até mil pessoas em locais abertos e 300 em locais fechados.

O decreto estabelece que para ter acesso aos eventos a pessoa deve apresentar comprovante de vacinação com duas doses, dose única ou três doses – no caso de pessoas acima de 54 anos. Shows com mais de 300 pessoas também devem exigir teste negativo de covid feito com 24 horas de antecedência (teste rápido) ou 72 horas (RT-PCR).

Excetua-se do decreto o público dos festejos religiosos de São Sebastião, que já começaram, desde que atendidos o distanciamento, uso de máscara e álcool em gel e todas as outras medidas de restrição válidas até o dia 20 de janeiro.

Quanto aos restaurantes, bares e lanchonetes, bem como centros comerciais, vale a exigência de passaporte vacinal com duas doses ou dose única para pessoas até 54 anos e três doses para quem tem a partir de 55 anos.

As medidas começam a vigorar na próxima segunda-feira, 17, ficando a Secretaria de Saúde e o Departamento Municipal de Trânsito autorizados a solicitar apoio das autoridades policiais em caso de descumprimento.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *