‘O PT trabalha 24 horas por dia para impedir o Ciro de crescer’, diz presidente do PDT

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, amenizou os ataques que Ciro Gomes direcionou a membros do PT nesta quarta-feira 13.

O presidenciável afirmou que sua relação com o que chamou de “lulopetismo corrompido e neoliberal tosco” está encerrada.

O pedetista também disse que Lula teria conspirado pelo impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

A petista reagiu e declarou que Ciro “mente há muito tempo e continua há uma década com um dígito nas pesquisas”.

Para Lupi, o episódio lembra a disputa entre Lula e Leonel Brizola no primeiro turno das eleições presidenciais de 1989. “Foi a mesma coisa. O PT tinha uma disputa muito forte conosco para ver quem iria para o segundo turno e trabalhou para a destruição do Brizola 24 horas por dia, dizendo que eles eram a esquerda e nós a direita. É um filme velho que, para mim, não cola mais”, disse em conversa com CartaCapital.

“O PT trabalha 24 horas por dia para impedir o Ciro de crescer na política. Foi assim em 2018 e querem de novo agora”, acrescentou o presidente da sigla.

O pedetista, no entanto, alerta para que os ataques não cheguem a um ponto que impeça a união da esquerda no segundo turno de 2022.

Fonte: CartaCapital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *