Nota de esclarecimento, Valdir Cordeiro

A VERDADE DOS FATOS – O senhor Valdir Cordeiro que foi manchete nesta quinta-feira em alguns veículos de imprensa e em redes sociais, vem a público esclarecer a verdade dos fatos. De início lembra o ditado popular que diz: o risco que corre o pau corre o machado.

Informa Valdir, apresentando documentos que comprovam sua versão:

– Entrou no serviço público por concurso em julho de 2004

– De 2010 a 2014 gozou duas licenças sem vencimentos (2+2 anos)

– Em 2014, requereu exoneração do cargo em definitivo

– Vale ressaltar que o último salário recebido foi em outubro de 2010

– Após a sua desincompatibilização com o município, participou de vários certames (licitações), inclusive com a atual gestão executiva em 2015 e 2016

– Que recentemente foi vencedor de três licitações, obviamente porque atendeu todas as exigências legais, tendo havido inclusive as homologações em dois processos, publicadas e depois retiradas do portal.

– O senhor Valdir Cordeiro diz estar tranquilo porque nenhum ato ilegal cometeu, indagando da administração pública: por que deixou passar 6 anos do seu pedido de exoneração, sem efetivar os registros na ficha do ex-servidor, somente trazendo à tona agora, a destempo, a abertura de processo administrativo disciplinar?

– Não teria o município cometido crime de prevaricação?

Funcionário público que dificulte ou falte com os deveres de seu cargo, ou pratique atos de ofício, para atender interesses pessoais, comete crime de prevaricação. Pena – detenção de três meses a um ano e multa.

Declara por fim Valdir, diante da sua conduta ilibada e idônea em cinco décadas de vida, que todos os danos causados à sua pessoa e da família, sejam reparados e que a verdade prevaleça.

2 comentários sobre “Nota de esclarecimento, Valdir Cordeiro

  1. M. Carvalho

    Hoje em dia tem uma turminha da imprensa que gosta de sensacionalismo e uns políticos que gostam de fakes, eles lança uma mentira e essa imprensa suja publica. O objetivo é manchar o nome de pessoas que não compactuam com essa forma de sujeira pública. E pior que têm pessoas que gostam desse tipo de matéria publica pelo blog que atacou o marido da vereadora. Parabéns ao Bolg do Alvinho por ser ético e sempre mostrar a verdade.

  2. PAULO SILVA

    Lendo esta resposta do Sr. Valdir, se eu fosse um advogado pegaria esta causa (ganha), tanto da prefeitura e dos meios de comunicações que divulgaram a matéria.