Ministério Público do Trabalho beneficia apicultores de Arcoverde e Ibimirim com ajuda a projeto social de ONG

Famílias de apicultores dos municípios de Arcoverde e Ibimirim serão beneficiadas pelo Ministério Público do Trabalho de Pernambuco (MPT-PE), através da destinação de R$ 120 mil do órgão para o projeto “Comeias da Misericórdia”, desenvolvido pela ONG Terras da Misericórdia na região. A verba é oriunda de multas decorrentes da atuação da Procuradoria do Trabalho no Município (PTM) de Caruaru e deve ser usada para colocar em funcionamento uma fábrica de mel que estava desativada na região.

O início das atividades da fábrica ocorre na próxima terça-feira, 10, com a entrega das colmeias. Estarão presentes a procuradora chefe do MPT em Pernambuco, Ana Carolina Ribemboim, a procuradora do Trabalho responsável pela destinação do dinheiro, Vanessa Patriota, o superintendente regional do Trabalho e Emprego, Napoleão Gomes, e o analista de Políticas Sociais do SRTE, Vinicius Lobo. O grupo ainda se reunirá com representantes da Prefeitura de Arcoverde para viabilizar a venda do mel.

Inicialmente serão distribuídas colmeias de forma igualitária para 35 famílias de Arcoverde e 15 de Ibimirim. A expectativa é que a produção de mel na região alcance três toneladas por mês. Atualmente essas famílias têm um incremento na renda de aproximadamente R$ 783 por mês com a produção mensal de 54 litros.

Vanessa destaca a importância da reversão dos recursos arrecadados com multas em políticas sociais. “Nossa atuação vai além do acionamento judicial. Colaborar com iniciativas que promovem a geração de emprego e renda para a população vulnerável do estado é muito importante. Para nós, é a melhor forma de concluir uma ação”, afirma.

Da redação do Blog Alvinho Patriota