Grêmio empata com Inter na Arena e conquista o tetra do Gauchão

A superioridade tricolor no Estado na década ganhou mais um capítulo nesse domingo. Com o empate em 1 a 1 com o Inter (gols de Ferreira e Rodrigo Dourado), o Grêmio conquistou o tetra do Gauchão, seu 40º na história, em razão da vitória no Gre-Nal de ida, no Beira-Rio. E a Arena viu o primeiro de Tiago Nunes no comando, na era pós-Renato.

O lado gremista do clássico não teve surpresas. Com Thiago Santos recuperado, Tiago Nunes voltou ao meio-campo, formando o trio com Matheus Henrique e Maicon. Atrás deles, o quarteto Rafinha, Geromel, Ruan e Diogo Barbosa; à frente, Ferreira, Diego Souza e Léo Pereira, mantido na função. A novidade ficou no banco, com a presença de Pepê.

O lado colorado do clássico, ao contrário, teve uma novidade. Cuesta, que Miguel Ángel Ramírez revelou ter atuado com uma infiltração no tornozelo diante do Olimpia, ficou no banco. A zaga colorada foi formada por Lucas Ribeiro e Zé Gabriel. Rodinei voltou à lateral direita, Moisés ficou na esquerda. O meio-campo contou com Dourado, Edenilson e Nonato, e o ataque apresentou Yuri Alberto e Thiago Galhardo juntos, com Palacios completando.

Fonte: GZH