Governo do MA multa Bolsonaro por causar aglomeração e não usar máscara

O governo Flávio Dino (PC do B) autuou Jair Bolsonaro (sem partido) por infração sanitária, nesta sexta (21), ao descumprir decretos estaduais que obrigam qualquer cidadão a usar máscara, manter o distanciamento social e não promover aglomeração como medidas sanitárias contra a covid-19. O presidente da República provocou aglomeração em Açailândia, município a 560 quilômetros da capital São Luís.

De acordo com a assessoria do governo do Maranhão, o valor pode variar entre R$ 2 mil e R$ 1,5 milhão. Ele tem 15 dias para apresentar sua defesa e, a partir daí, a Vigilância Sanitária, responsável pelo auto de infração, definirá o valor.

Bolsonaro participou da entrega de 282 títulos de propriedade rural a assentados em Açailândia, promovendo aglomeração de fãs e curiosos. Em diversos momentos, ele cumprimentou a multidão sem usar máscara.

Isso ocorre no momento em que a nova cepa indiana do coronavírus (B.1.617.2), com maior potencial de contágio, chegou ao Brasil através de um navio cargueiro vindo da África do Sul que está fundeado exatamente na costa do Maranhão.

No evento, ele estava acompanhado do general Augusto Heleno, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, de Tarcísio Gomes de Freitas, ministro da Infraestrutura, de Tereza Cristina, ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, de Gilson Machado, ministro do Turismo, de Geraldo Melo, presidente do Incra, e de Carlos Bolsonaro, vereador do município do Rio de Janeiro.

De acordo com o auto de infração, as seguintes irregularidades foram constatadas: “Descumprimento da obrigação de uso de máscara de proteção como medida farmacológica destinada a contribuir para a contenção e prevenção da covid-19, em locais de uso coletivo, ainda que privados; promover, em evento da Presidência da República, aglomerações com controle sanitário com mais de 100 pessoas, no endereço Rodovia BR-222, s/n, km 5, Sindicato dos Produtores Rurais, Bairro Parque das Nações, município Açailândia”.

Fonte: UOL

2 comentários sobre “Governo do MA multa Bolsonaro por causar aglomeração e não usar máscara

  1. Jairo Panta

    …E a P..F tem que prender os Governadores e prefeitos bandidos que roubaram dinheiro destinado a covid, esses sim são ASSASSINOS, GENOCIDAS!!!