Governo do DF fecha acampamento pró-Bolsonaro, e Winter apela a presidente

Um acampamento a favor do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na região central de Brasília foi desmontado na manhã de hoje (13) pelo governo do Distrito Federal. A ativista do movimento “300 do Brasil” Sara Winter pediu uma “reação” do mandatário.

A ação fez parte do programa DF Legal, promovido pela Secretaria de Estado de Proteção da Ordem Urbanística do Distrito Federal, para fiscalizar e combater ocupações ou estabelecimentos ilegais.

A secretaria afirmou que os manifestantes ocupavam área pública na Esplanada dos Ministérios, o que não é permitido, e em acampamentos irregulares. “Houve diversas tentativas de negociação para a desocupação da área, mas, infelizmente, não houve acordo. Os acampamentos foram desmontados sem confronto”, informou.

A pasta citou ainda decreto que estabelece medidas para combater a pandemia do coronavírus e que proíbe aglomerações com mais de 100 pessoas em eventos que precisam de autorização prévia do GDF.

Nas redes sociais, Sara Winter disse que a Polícia Militar do Distrito Federal e a Secretaria de Segurança Pública chegaram no local às 6h desmontando barracas e geradores com “gás de pimenta e agressões”. “A Militância bolsonarista foi destruída hoje. Presidente, reaja”, escreveu.

Fonte: UOL

3 comentários sobre “Governo do DF fecha acampamento pró-Bolsonaro, e Winter apela a presidente

  1. Machado Freire

    Precisamos, com máxima urgência, dizer que estamos prontos para defender a Democracia, fazendo valer a Constituição de dr. Ulisses Guimarães que marcou a volta do Brasil ao seu pleno Estado de Direito.

    Ditadura nunca mais !!!!

  2. NISSOCA

    EU TENHO CERTEZA ABSOLUTA QUE A PSICOLOGIA AINDA NÃO TEM UMA DEFINIÇÃO DO QUE É A PERSONALIDADE HUMANA;PORTANTO,A SARA ESTÁ PRECISANDO URGENTEMENTE FAZER TRATAMENTO PSICOLÓGICO PARA FICAR SARADA.