“Estou sendo retaliado”, diz Luis Miranda após denunciar caso Covaxin

O deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) afirmou ontem no Papo Antagonista que está sendo alvo de retaliações, após ter denunciado um possível esquema de corrupção no Ministério da Saúde, envolvendo as tratativas para a compra da vacina Covaxin.

Sexta-feira, em paralelo à CPI da Covid, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), excluiu Miranda do projeto de reforma tributária e disse que a proposta será relatada pelos deputados Luiz Carlos Motta (PL-SP) e Celso Sabino (DEM-PA).

Além disso, Miranda afirmou que não recebeu retorno de Lira sobre o pedido de proteção policial por parte da Polícia Legislativa da Câmara. “Durante a CPI, houve a indicação dos nomes. Minha visão é: não fiz nada de errado [ao denunciar o caso]”, disse Miranda. “Estamos sem proteção nenhuma. Estou sentindo claramente uma retaliação.”

Fonte: O Antagonista