Covid-19: Brasil bate recorde de casos e registra mais de mil mortes

O Brasil voltou a registrar mais de mil óbitos diários por covid-19 nesta terça-feira (16/6), com 1.282 novos registros. Com isso, acumula 45.241 vítimas da doença, sendo o país com maior atualização diária, tanto de morte quanto de casos. Segundo dados do Ministério da Saúde, o Brasil confirmou ontem o maior número de casos nas últimas 24 horas. Foram mais 34.918 confirmações, totalizando 923.189 brasileiros que já foram atestados com o vírus.

De acordo com o levantamento da Universidade Johns Hopkins, somente os Estados Unidos tem números absolutos superiores aos brasileiros. São 2.130.569 casos e 116.726 óbitos. No entanto, o acréscimo de vítimas norte-americanas nas últimas 24 horas foi de 697.

O número de casos e óbitos registrados diariamente apresentava uma queda desde a última sexta-feira (12/6), quando a pasta começou a confirmar menos de mil mortes por dia. No entanto, ontem a pasta voltou a reportar altos números.

São Paulo continua sendo o estado com maior número de mortes. Nesta terça-feira, o epicentro da doença no Brasil voltou a registrar um recorde do número de mortes por covid-19 confirmadas nas últimas 24 horas. Foram registradas mais 365 perdas e, com isso, o estado soma 11.132 óbitos. Sozinho, o estado tem mais fatalidades do que a Índia (9.900) e a Bélgica (9.663), por exemplo. Dos 645 municípios do território paulista, houve pelo menos uma pessoa infectada em 584 cidades, sendo 311 com um ou mais óbitos.

De acordo com a última atualização do Ministério da Saúde, outros oito estados já ultrapassaram a marca de mil óbitos cada. São eles: Rio de Janeiro (7.967), Ceará (5.070), Pará (4.291), Pernambuco (3.959), Amazonas (2.549),  Maranhão (1.537), Bahia (1.181) e Espírito Santo (1.131). Juntos, esses estados somam 38.817 mortes, ou seja, 85,8% de todos óbitos. Apenas Mato Grosso do Sul (MS) tem menos do que 100 mortes. Até o momento, o estado registra 36 mortes.

Fonte: Correio Braziliense