Com média de 767 mortes de covid, país vê desacelaração em alta de óbitos

Ontem, o Brasil registrou média de 767 mortes por covid-19. O país segue com a tendência de alta na média de óbitos, mas, nessa primeira semana de fevereiro, a variação das mortes pela doença vem desacelerando a cada dia.

Nas últimas 24 horas, foram notificados 420 óbitos por infecções de covid-19. Os dados são do consórcio de veículos de imprensa, do qual o UOL faz parte.

A variação de óbitos atingiu seu pico, até o momento, no dia 29 de janeiro, quando registrou tendência de alta de 243%, e começou a diminuir. No entanto, o país continua em aceleração na média de mortes pelo 24º dia seguido, com 149%.

Todas as regiões estão em aceleração: Centro Oeste (117%), Nordeste (129%), Norte (213%), Sudeste (189%) e Sul (217%). Vinte e três estados e o Distrito Federal estão em alta, dois estão estáveis e apenas o Amapá está em queda, com -25% de variação.

A chamada média móvel é o índice mais confiável para checar o avanço ou regresso da pandemia, calculado a partir da média de mortes dos últimos sete dias.

Fonte: UOL