Brasil volta a ter média móvel abaixo de 15 mil casos diários de Covid após mais de 500 dias

O Brasil registrou nesta segunda-feira (11) 219 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, com o total de óbitos chegando a 601.266 desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias ficou em 440. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de -23% e aponta queda pelo segundo dia seguido.

Já a média móvel de casos voltou a ficar abaixo da marca de 15 mil pela primeira vez desde maio de 2020, após mais de 500 dias.

Os números estão no novo levantamento do consórcio de veículos de imprensa sobre a situação da pandemia de coronavírus no Brasil, consolidados às 20h desta segunda. O balanço é feito a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

Em 31 de julho, o Brasil voltou a registrar média móvel de mortes abaixo de 1 mil, após um período de 191 dias seguidos com valores superiores. De 17 de março até 10 de maio, foram 55 dias seguidos com essa média móvel acima de 2 mil. No pior momento desse período, a média chegou ao recorde de 3.125, no dia 12 de abril.

Sete estados (AM, SE, PI, RO, CE, PB, GO) apresentam alta de mortes. Quatro (AC, AP, RN e RR) não registraram novos óbitos nesta segunda. AC também não registrou novos casos.

Em casos confirmados, desde o começo da pandemia, 21.581.094 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 7.211 desses confirmados no último dia. A média móvel nos últimos 7 dias foi 14.896 novos diagnósticos por dia –a menor marca registrada em pouco mais de 500 dias, desde 20 de maio de 2020 (quando estava em 14.647). Isso representa uma variação de -22% em relação aos casos registrados em duas semanas, o que indica queda nos diagnósticos.

Fonte: G1