Artigo: Aumento do Fundo Eleitoral

Não é razoável que plena pandemia do coronavirus -que ceifou a vida de mais de meio milhão de brasileiros e brasileiras,  e que nem a metade dos nossos patrícios  foi imunizada com a vacina que chega a conta gotas, os deputados e senadores da República aprovem uma verba de R$ 5,7 bilhões para  ALIMENTAR um tal “fundão ” partidário. Significa que durante o ano eleitoral de 2022, o País  (os eleitores e contribuintes ) vai gastar quase 7 vezes mais com a manutenção dos partidos políticos  do que a média mundial. Na condição de sertanejo –  que sabe o que é fome e miséria, o deputado Gonzaga Patriota (PSB-PE) votou contra e disse  que a aprovação  do “fundão”  foi “um soco na cara  do povo” .

No Recife, graças  a posição assumida pela Imprensa (e tem gente  ali no Palácio do Planalto doido para nos calar ),  o Ministério Público  exigiu e a Câmara de Vereadores  (Casa de José Mariano)  desistiu de uma licitação que previa o gasto desnecessário de mais de R$ 2 milhões para a compra de celulares de última geração para os “representantes do povo ” na Capital Pernambucana. Mas em Petrolina, a chamada “terra dos impossíveis”,  o prefeito  Miguel Coelho –  aliado do presidente Bolsonaro,  sancionou a lei absurda que concede aos vereadores uma verba mensal de R$ 3 mil para gastar com combustíveis.  Um grupo de parlamentares de oposição se recusa a receber a “bolsa gasolina”.

Também na semana passada, o grupo familiar comandado pelo senador Fernando Bezerra Coelho ( são três filhos com mandato de prefeito, deputado estadual e deputado federal)  levou uma rasteira do deputado Raul Henry e do senador Jarbas Vasconcelos, que negaram apoio do MDB à desejada  candidatura do prefeito de Petrolina a governador do Estado nas eleições do próximo ano. Graças a DEMOCRACIA –  que conquistamos  com sangue, suor e lágrimas,  contra a Ditadura de 1964,  a nossa população tem o direito de saber de quase tudo que está acontecendo, principalmente  o que está sendo denunciado e apurado na CPI da Covid. Mas o povo  não tem o direito (que Deus nos livre) de votar errado nas próximas eleições !

Por Machado Freire

Um comentário sobre “Artigo: Aumento do Fundo Eleitoral

  1. DAMIÃO

    MEU CARO AMIGO E CONTERRÂNEO MACHADO FREIRE (JOSÉ), VOCÊ FALOU TUDO E MUITO MAIS DO QUE GOSTARÍAMOS DE OUVIR E ATÉ DIZER AOS ELEITORES DA FAMÍLIA BEZERRA COELHO E A ELES MESMO, QUE PRECISAVA OUVIR E NÃO ENXERGAM ALÉM DOS UMBIGOS; NÃO PRECISAVAM TANTO, OLHEM PARA A Á TÃO SOFRIDA POPULAÇÃO PERNAMBUCANA E CONSEQUENTEMENTE BRASILEIRA

    PARA MIM E MUITOS CIDADÃOS PERNAMBUCANOS, ACHAMOS E ACREDITAMOS, QUE TODA VEZ QUE FBC QUE JÁ FOI FILIADO A VÁRIOS PARTIDOS POLÍTICOS, LÁ DE ACORDO COM SEUS POSICIONAMENTOS LÁ NA CPI (COMISSÃO PARLAMENTAR DE INQUÉRITO) NO SENADO, NA MEDIDA QUE O MESMO E MUITOS OUTROS VÃO ABRINDO A BOCA E FALANDO VÃO PERDENDO VOTOS:A CPI DA PANDEMIA DO COVID-19 OU CORONAVÍRUS E SUAS MUTAÇÕES, ESTÁ SERVINDO E MUITO PARA SABERMOS QUEM ESTÁ OU NÃO DO LADO DO POVO.

    A TROPA DE CHOQUE OU ESCUDEIROS DO PODER EXECUTIVO, ABREM A BOCA E DIZEM QUE O MINISTÉRIO DA SAÚDE NÃO COMPROU VACINAS, ORA: NÃO COMPROU MAIS IAM COMPRAR SE NÃO FOSSE DESCOBERTO AS MARACUTAIAS;
    OUTROS DE TANTO DEFENDEREM OS TRATAMENTOS EQUIVOCADOS JÁ TEM CARA DE CLOROQUINA, HIDROXICLOROQUINA E IVERMECTINA, ETC

    CIDADÃOS QUANDO PUDEREM E QUISEREM ASSISTAM A TV CÂMARA E TV SENADO, PARA TERMOS IDEIA DOS REPRESENTANTES DA POPULAÇÃO BRASILEIRA..