Plantão Covif-19: Lista dos serviços essenciais conforme Decreto Presidencial

Weintraub satiriza próprio erro e escreve “oje” e “paçado” em novo post

O ministro da educação Abraham Weintraub fez um novo post em suas redes sociais na tarde desta segunda-feira 17 satirizando o erro gramatical que cometeu pela manhã. Ao postar uma foto sua dentro de um avião, para afirmar que suas viagens não são privilegiadas, o ministro escreveu:  “Aonde está a pompa e a liturgia do cargo? Na poltrona 16A…”.

O uso da palavra “aonde” está incorreto. A junção da preposição “a” com o advérbio “onde” é usada para dar uma ideia de movimento. Nesse caso, o ministro fala de um lugar que seria fixo e deveria ter usado o termo “onde”. Depois que o erro foi divulgado, o ministro voltou às redes, em tom de deboche, e fez um texto cheio de erros gramaticais para anunciar a entrega de ônibus escolares a municípios de São Paulo.

“Oje, integramos 120 ônibus iscolares a municípios de São Paulo. No ano paçado, mais de 1300 foram entregue em todo o Brasil”, diz um trecho da publicação.

Não é a primeira vez, que o ministro da educação comete deslizes com a Língua Portuguesa. A história mais recente foi o “imprecionante” escrito em uma resposta ao deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

Em agosto de 2019, o ministro enviou um documento com erros de português ao ministro da Economia, Paulo Guedes, pedindo mais recursos para sua pasta. No texto, Weintraub explica que as verbas previstas para a Educação em 2020 são insuficientes e alerta para o risco de “paralização”.

Fonte: CartaCapital