Vida FM Salgueiro FM

Vereadora denuncia que Prefeitura de Salgueiro não paga aluguel da Casa de Apoio em Recife há 7 meses

Uma grave denúncia contra a Prefeitura de Salgueiro foi publicada nesta terça-feira, 3, pela vereadora Eliane Alves (PSB) em sua página de Facebook. Segundo a socialista, o governo municipal não paga o aluguel da Casa de Apoio em Recife há 7 meses. Além disso, estaria deixando faltar a alimentação dos pacientes que precisam usar os serviços do tratamento fora de domicílio (TFD).

A Casa de Apoio de Salgueiro em Recife é a Pousada Solar do Lazer, localizada na Rua Bernardo Guimarães, no bairro Santo Amaro. A hospedagem é compartilhada com outras prefeituras do interior, que também a utilizam para o TFD.

Selecionada por meio de licitação, a pousada foi contratada pelo valor total de R$ 1.519.200. Nesse montante foi incluído o café da manhã, almoço e o jantar dos pacientes salgueirenses hospedados. Fica a palavra reservada à prefeitura para se explicar, caso deseje.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

3 comentários sobre “Vereadora denuncia que Prefeitura de Salgueiro não paga aluguel da Casa de Apoio em Recife há 7 meses

  1. Djalma André da silva

    O SAUDADE DA BOQUINHA QUÊ PERDI DEIXEI VÁRIAS PESSOAS MINHA DESEMPREGADA,PRECISO DESESPERADAMENTE VOLTAR PARA EMPREGAR DE NOVO O MEU POVO.

  2. Maria José Ferreira de Souza

    Minha Mãe está fazendo tratamento a mais de seis meses em Recife viaja todos meses no ônibus do TFD e sempre fica hospeda la nessa casa, eu mesmo fui duas vezes e fiquei lá, inclusive minha Mãe esteve lá a semana passada e estava tudo normal, o atendimento foi igual as outras vezes sem problema algum e eu acho que essa vereadora está querendo é aparecer, ela não tem direito de falar de ninguém pois o Partido dela passou 16 anos e não tinha nem uma ambulância na prefeitura.

  3. Nilson Gomes de Lucena

    Esse Prefeito é muito cara de PAI, ele tem desculpa para tudo, até parece que é do partido da ZEBRA pois as desculpas São iguais às do Prefeito anterior quando se cobrava ambulância para a prefeitura comprar.