Vida FM Salgueiro FM

Vereador negro do MBL vai denunciar colega ao MP por ter sido chamado de “macaco de auditório”

O vereador de São Paulo Fernando Holiday (DEM), membro do Movimento Brasil Livre (MBL), foi chamado de “macaco de auditório” no plenário da Câmara Municipal na tarde desta quinta-feira, 5, e diz que irá denunciar racismo à Corregedoria do Legislativo e ao Ministério Público Estadual (MPE). O autor da fala é o vereador Camilo Cristófaro (PSB).

Holiday disse que se sentiu “revoltado” ao ouvir as falas. “Mas na hora consegui conter a raiva”, afirmou ao Estado. “Os demais vereadores disseram que eu estava sendo dramático”, afirma o membro do MBL. “Nunca havia sofrido um ataque dessa maneira, ao menos não na sessão plenária”, disse.

O ataque tem como pano de fundo um clima azedo entre Holiday e outros vereadores desde uma entrevista que ele deu para o apresentador Danilo Gentili, do SBT, na sexta-feira passada. Ele declarou que os vereadores de São Paulo “não trabalham”, o que havia revoltado os colegas. Na quarta-feira, também no plenário, voltou a fazer tais afirmações.

Já nesta quinta, Cristófaro usou seu tempo de discurso na sessão para atacar Holiday. “Lamentavelmente o senhor Holiday usa as redes sociais, ele é o grande macaco de auditório das redes sociais, dando risada dessa casa, explodindo as redes sociais, porque a população adora ver sangue, maldade e mentira”, disse Cristófaro, para completar dizendo que Holiday chamou os colegas de “vagabundos”. O vereador do MBL foi chamado também de “moleque”.

Fonte: Terra