UPAE de Petrolina chama atenção para os cuidados com a saúde mental de idosos

No mês em que é celebrado o Dia Nacional do Idoso [27 de setembro], a Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada (UPAE) de Petrolina chama atenção para a saúde mental na terceira idade, um assunto de relevante importância, mas pouco discutido.

Dados expostos pelo Grupo Suicidologia no Vale (GSV), em palestra realizada em 2019, mostram que a taxa de suicídio tem crescido muito na região, sobretudo na faixa acima dos 70 anos. De acordo com o Ministério da Saúde, a média nacional de suicídios nessa faixa etária era de 8,9 por 100 mil em 2017.

Os principais fatores de risco são transtornos mentais como depressão e esquizofrenia; perdas recentes; alcoolismo; problemas financeiros; doenças incapacitantes; neoplasias malignas e dor crônica. Outro fator nesse período de pandemia é o isolamento social, acompanhado, muitas vezes, de violência doméstica.

“Isso não quer dizer que uma dor ou acontecimento vá levar o indivíduo necessariamente à depressão, ou que transtorno mental seja gatilho para o suicídio. Quer dizer apenas que devemos estar alerta aos sinais. Inclusive estado emocional, ou condição momentânea, não significam adoecimento. Mas, o agravamento de tais sintomas, podem sim levar ao comprometimento da saúde mental”, destaca a psicóloga da UPAE, Tatiany Torres.

Com uma população brasileira cada vez maior de idosos, discutir a saúde mental desse público se tornou essencial. A prevenção de suicídios cabe aos serviços de saúde, de assistência psicossocial, familiares, cuidadores e a sociedade em geral.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Um comentário sobre “UPAE de Petrolina chama atenção para os cuidados com a saúde mental de idosos

  1. NISSOCA

    SALGUEIRENSES,O SONO É TÃO IMPORTANTE QUANTO A COMIDA.ENQUANTO ESTAMOS ACORDADOS,NOSSO CÉREBRO TRABALHA ARDUAMENTE,SOFRENDO DANO NEUROLÓGICO.PORTANTO,ULTIMAMENTE EU ESTOU DORMINDO MUITO E NADA DE TRANSTORNO MENTAL.E VIVA! O ROCK AND ROLL!!!