TSE determina que TRE-PE prossiga com investigação sobre a eleição de 2016 em Verdejante

Ministro Sérgio Silveira Banhos, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), deu provimento a um Agravo de Instrumento e acolheu Recurso Especial, determinando que o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) prossiga com a investigação de denúncias de irregularidades na eleição municipal de 2016 em Verdejante. A informação foi divulgada pelo advogado Gilson Alves.

Em artigo publicado em blogs, o advogado lembra que o pleito eleitoral de 2016 em Verdejante foi marcado por denúncias de práticas recorrentes de abuso de poder econômico, compra de votos, compra de apoio político, ofertas deliberadas de vantagens e empregos, bem como fraude ao processo de inscrição eleitoral, votação e apuração.

Ainda de acordo com Gilson, a investigação do TRE-PE pode resultar na declaração de inelegibilidade e cassação dos mandatos dos atuais prefeito e vice-prefeito do município.

Da redação do Blog Alvinho Patriota